Molly-Rose Taylor, a jovem que descobriu que tem duas vaginas

Molly-Rose Taylor, a jovem que descobriu que tem duas vaginas

Amor e Sexo

Molly-Rose Taylor, a jovem que descobriu que tem duas vaginas

 Molly-Rose Taylor tem um septo longitudinal que separa a vagina em duas. Por causa disto, menstrua duas vezes.

Artigo de Equipa Paraeles

16-10-2019

Molly-Rose Taylor, uma jovem inglesa de 19 anos, descobriu finalmente a razão de ter tantas dores há vários anos. A viver na Austrália, foi quando começou a ter relações sexuais com o namorado que se fez luz para o problema que há anos lhe provocava dores extremas.

A jovem tem duas vaginas e dois úteros e as dores eram tantas quando menstruava que chegou a delirar e a desmaiar. Molly-Rose Taylor tem um septo longitudinal que separa a vagina em duas. Por causa disto, menstrua duas vezes.

Molly-Rose Taylor cresceu com duas vaginas e dois úteros

“Os médicos sempre disseram que as dores que eu tinha era da idade e do meu corpo ainda ser muito jovem. Desde os 12 anos que faço tratamentos para tentar reduzir o fluxo intenso e as dores que tenho. Quando me tornei sexualmente ativa com o meu namorado comecei a preocupar-me seriamente porque era muito doloroso”, conta.

Sexo, prazer e luxúria. Conheça as festas privadas. Veja o vídeo:

Leia ainda: Sexo durante a menstruação: as 7 dúvidas mais comuns

“Percebi que havia um pedaço de pele que separava a minha vagina e senti-me muito envergonhada”, contou ao jornal The Mirror. Antes de se perceber  o que se passava verdadeiramente com ela, Molly-Rose fez vários exames para despistar a possibilidade de sofrer de alguma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Foi só através de um exame vaginal invasivo que os médicos descobriram que tinha dois úteros e duas vaginas.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Molly-Rose Taylor.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

16-10-2019



RELACIONADOS