5 dicas que pode retirar do sexo tântrico e que vão ajudar a melhorar a intimidade do casal

5 dicas que pode retirar do sexo tântrico e que vão ajudar a melhorar a intimidade do casal

Amor e Sexo

5 dicas que pode retirar do sexo tântrico e que vão ajudar a melhorar a intimidade do casal

Não precisa de ser praticante de sexo tântrico para aproveitar alguns dos seus ensinamentos que o irão ajudar na hora h com a sua cara-metade.

Artigo de Hugo Mesquita

05-05-2020

A chama já não é o que era e já não sabe mais o que fazer para que o ato sexual se torne tão intenso como antes? O segredo é, irremediavelmente, procurar quebrar uma mais do que provável monotonia pela qual a relação possa estar a passar neste momento. No entanto, isto é algo vago, já que existem inúmeras formas de o fazer. Sexo tântrico, já ouviu falar? Talvez seja uma alteração demasiado radical (saiba mais aqui), mas pode retirar deste tipo de sexo algumas dicas que o vão ajudar a melhorar o ato sexual.

Aproveite este bónus de 50 euros para ganhar dinheiro a jogar casino ou a apostar. Registe-se aqui

Não precisa de ser um expert no sexo tântrico, nem mesmo um praticante, para que possa dele retirar algumas técnicas que o vão ajudar na hora h. São truques que pode aperfeiçoar sozinho ou com a sua cara-metade. O grande segredo é conhecer bem o seu corpo e saber como ele funciona. Tendo isso garantido, o sucesso é apenas uma questão de prática. Mas afinal, que truques são esses?

Veja o vídeo:

A autora do livro Urban Tantra, Barbara Carrellas, sugere na obra cinco técnicas tântricas que são perfeitas para qualquer pessoa, independentemente de ser ou não praticante de sexo tântrico. A autora explica que o tantra é muito mais do que sexo. Trata-se de uma libertação que se preocupa com “experiências místicas internas, com o crescimento espiritual e a capacidade pessoal”. Vamos então às dicas.

Truques do sexo tântrico que todos podemos usar

Respirar profundamente. Respire fundo, mantenha a concentração na inspiração e expire depois lentamente, até sentir uma certa leveza e os sentidos mais apurados. Dominada esta técnica, deve procurar combiná-la com a sua parceira. Isto vai ajudar a tornar o ato mais intenso.

Olhar nos olhos. Esta é uma forma de ganhar confiança, eliminar a vergonha e aprofundar o amor próprio, segundo explica a autora. Pratique sozinho, primeiramente, olhando-se nos olhos, fixamente, ao espelho. Depois durante o ato, isto irá ajudar a criar uma maior ligação com a sua cara-metade.

Não perca: Divirta-se e ganhe dinheiro com as melhores slots machines (e sem sair de casa)

Conhecer o corpo do outro. “Quando tocamos em alguém queremos tocar o suficiente para que o outro sinta algo, para que haja uma reação. Se o corpo se tornar rígido, fomos longe demais; se ficar flácido, não fomos longe o suficiente”, explica Carrelas. Explore o corpo da sua parceira e descubra quais são os locais que ela gosta mais de ver estimulados e perceba a intensidade com que o deve fazer.

Concentre-se numa determinada zona do corpo. A autora chama a esta técnica de FITYFI. Concentre-se, por exemplo, no dedo indicador da mão direita, respire profundamente e foque-se somente nesse dedo. Consegue sentir o sangue a bombear lá? O próximo passo é fazer isso com os seus órgãos genitais ou alguma zona erógena. Vai aprender a sentir uma determinada zona do corpo sem que preciso de a tocar.

Veja também: Jogue roleta online e arrisque-se a ganhar dinheiro

Limpe a mente. Tente relaxar e aproveite o momento, sem pressa ou ideias que condicionem a experiência, sugere a especialista. Não crie grandes expectativas, apenas deixe que tudo aconteça naturalmente.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Hugo Mesquita

05-05-2020



RELACIONADOS