10 aeroportos impróprios para cardíacos

10 aeroportos impróprios para cardíacos

Lifestyle

10 aeroportos impróprios para cardíacos

Estás preparado para viajar connosco? Selecionámos alguns dos aeroportos mais perigosos um pouco por todo o mundo, muito por culpa das pistas de aterragem e das zonas envolventes. Se és daqueles que enjoa com facilidade, este artigo não é para ti.

Em 1977, um desastre de avião da companhia aérea TAP tirou a vida a 131 dos 164 passageiros a bordo, após se ter despistado durante o processo de aterragem, no aeroporto da ilha da Madeira. Este foi o único acidente registado na Madeira, mas que se traduziu numa das maiores tragédias de sempre. Mas não é só devido às condições climatéricas que este aeroporto é tema de conversa no mundo. O Aeroporto Cristiano Ronaldo (assim designado em 2017) sofreu já várias obras de expansão da pista.

Atualmente tem 2781 metros, mas continua a provocar calafrios a quem segue a bordo na hora da descolagem e aterragem. Em julho de 2017, um avião da Easyjet foi obrigado a voltar para Lisboa depois de três tentativas de aterragem. Para quem esteve a bordo, certamente não esquecerá o momento de terror tão cedo. Mas o aeroporto da Madeira é apenas um dos que prega partidas de mau gosto. Está preparado para viajar connosco? Selecionámos alguns dos aeroportos mais perigosos um pouco por todo o mundo, muito por culpa das pistas de aterragem e das zonas envolventes. Se és daqueles que enjoa com facilidade, este artigo não é para ti.

Aeroporto Princesa Juliana

Fica nas Caraíbas e a abordagem à pista demasiado baixa tornam o Aeroporto Princesa Juliana um dos mais perigosos do mundo. Quando o avião passa a escassos metros da praia, são vários os turistas que procuram a fotografia perfeita. Recentemente, uma turista de 57 anos foi morta pelo impacto de um dos motores de um Boeing 737 na descolagem. A mulher estaria perto da cerca de proteção e, apesar dos avisos de segurança que existem naquela área, aproximou-se demasiado e acabou por falecer.

Aeroporto Internacional de Courchevel

Situado nos Alpes Franceses, foi cenário para as gravações do filme “007 – O Amanhã Nunca Morre”, em 1997. A pista localiza-se numa zona de esqui, tem uma inclinação de 18,5º e mede cerca de 500 metros.

Aeroporto de Gibraltar

Localizado em Espanha, é conhecido pelo facto de uma rua cruzar a pista. As formações rochosas que se localizam a menos de 400 metros são outro entrave aos pilotos que aqui têm de aterrar.

Aeroporto Juancho E. Yrausquin

Nas Caraíbas, na pequena ilha de Saba, aterrar e descolar neste aeroporto é recomendado apenas a pilotos com muitos anos de experiência. Possui uma pista com 400 metros de comprimento e começa e termina com uma ravina.

Aeroporto Tenzing-Hillary

Em Lukla, no Nepal, existe o aeroporto mais perigoso do mundo. Encontra-se na encosta de uma montanha, possui uma pista de 527 metros e uma inclinação de 12%. Em 2008 e 2010, dois acidentes tiraram a vida a 14 e 10 pessoas, respetivamente. Caso a visão seja afetada por nevoeiros ou nuvens, todos os voos são cancelados.

Aeroporto Internacional de Toncontion

Situado nas Honduras, os principais problemas do Aeroporto de Tegucigalpa são o reduzido comprimento da pista e a localização no meio de um vale. Em 2008, um acidente tirou a vida a sete pessoas, devido a um despiste. Desde 1959, foram registados oito acidentes, não fosse este o segundo aeroporto mais perigoso do mundo, segundo os especialistas.

Aeroporto Internacional em Barra

Na Escócia, a pista encontra-se sobre a areia. Muito mal iluminado, este aeroporto na ilha de Barra é constantemente influenciado pela maré. Ao subir, cobre as pistas e dificulta a descolagem e aterragem. Apesar dos perigos e dificuldades, não deixa de ser uma atração turística.

Aeroporto de Nuuk

Na Gronelândia, os aviões sofrem uma elevada turbulência na aterragem e descolagem do Aeroporto de Nuuk. As baixas temperaturas são uma dificuldade para os pilotos, devido ao funcionamento dos motores dos aviões, por isso, prega uns valentes sustos. Em 2008, um helicóptero caiu na pista, mas não houve vitimas mortais. Mais recentemente, em 2011, uma aeronave caiu quando estava a preparar-se para aterrar. Ninguém ficou ferido, mas o avião ficou bastante danificado.

Aeroporto de Paro

No Butão, perto do norte da Índia, o aeroporto encontra-se cercado por montanhas que têm mais de cinco quilómetros de altura Devido a esta proximidade montanhosa, o sistema de alerta de colisão com o solo é ativado inúmeras vezes, razão pela qual apenas nove pilotos no mundo estão autorizados e certificados para poder aterrar e descolar nesta zona.

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

RELACIONADOS