Estas são as pessoas que melhor treinam no ginásio

Estas são as pessoas que melhor treinam no ginásio

Desporto

Estas são as pessoas que melhor treinam no ginásio

Dizer asneiras é algo que pode ser muito libertador e se for feito no ginásio pode mesmo ser sinónimo de um melhor treino.

Artigo de Equipa Paraeles

30-12-2022

Existem estudos que defendem que dizer palavrões é algo que consegue ser libertador. Mas quando o tema é o treino físico, dizer asneiras ajuda a que o treino seja melhor. Aliás, de acordo com a ciência, aqueles que o fazem no ginásio são mesmo os que retiram melhor proveito dos treinos. Investigadores da Keele University e da Long Island University, ambas situadas nos Estados Unidos da América, uniram esforços para realizar um estudo que concluiu que aqueles que usam palavrões durante o treino têm um melhor desempenho muscular. Algo que descobriram durante um teste de potência anaeróbica de alta intensidade, realizado em bicicletas estáticas.

Estas são as pessoas que melhor treinam no ginásio

Leia ainda: Este é o segredo para nunca mais desmotivar no ginásio

“O aumento do desempenho muscular bate certo com as nossas previsões e com outros estudos que defendem que dizer asneiras pode desencadear um processo de resposta muitas vezes descrito como fuga ou luta”, explicam os investigadores. Que referem ainda que o som e articulação dos palavrões têm um efeito particular que não se encontra em outras palavras. Sendo muitas vezes acompanhados por uma explosão de ar. O detalhe que poderá fazer a diferença. Os investigadores avançam ainda com outras conclusões. “Dizer palavrões aumenta a tolerância à dor, aumenta a frequência cardíaca e diminui a perceção à dor quando comparado com a ausência de asneiras”, explicam. A explicação poderá estar relacionada com o facto de as asneiras induzirem a resposta de luta ou fuga. Anulando assim a ligação entre o medo da dor e a perceção da mesma.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

30-12-2022



RELACIONADOS