Depois de um dia de trabalho, aventure-se por estas posições sexuais

Depois de um dia de trabalho, aventure-se por estas posições sexuais

Amor e Sexo

Depois de um dia de trabalho, aventure-se por estas posições sexuais

Devido ao cansaço de ambos, já não tem tantas relações sexuais como gostaria? Com estas 5 posições sexuais isso acaba.

Artigo de Equipa Paraeles

19-09-2022

Depois de um longo e cansativo dia de trabalho a disposição para fazer amor, tanto da nossa parte como da companheira, poderá não ser a melhor. O stress e o cansaço fazem-nos chegar à cama completamente de rastos, preocupados essencialmente com um bom descanso para mais um dia de trabalho. Ainda assim, sabemos da importância que as relações sexuais têm na nossa vida, sobretudo a nível de saúde (conheça oito motivos pelos quais o sexo faz bem à saúde), por isso, devemos encontrar uma forma de resolver o problema. Uma forma de contornar o cansaço passa pelas posições sexuais praticadas durante o ato. Devemos optar por posições que não exijam grande esforço físico e que permitam uma sensação de relaxe, sem descurar, claro,  o prazer.

Leia ainda: 6 sinais que mostram que a cara-metade está a trair

Depois de um dia de trabalho, aventure-se por estas posições sexuais

Um bom exemplo é em posição de “conchinha”. Nesta posição, a mulher deve levantar ligeiramente a perna para facilitar a penetração. Estando os dois deitados, a nenhum deles será exigido um grande esforço físico. Uma variação da famosa “Doggy Style” é mais um excelente exemplo. Neste caso, a mulher deita-se na cama e levanta, com a ajuda do parceiro, a zona do quadril, ficando apenas ele de joelhos. Desta forma, a mulher está numa posição mais confortável, ao homem é exigido um pouco mais de trabalho, mas nada por aí além.

Veja também: Sexo: Os orgasmos dão prazer e fazem bem ao corpo e à mente

O famoso “Missionário” é também uma solução e, talvez por não exigir grande esforço físico, é uma das posições mais populares. Para não cair na rotina, pode procurar variações diferentes. Pode, por exemplo, colocar uma almofada na zona do quadril da mulher, que assim fica mais levantada. A penetração não é tudo. O cansaço pode ser uma boa desculpa para experimentar novas coisas.

Porque não experimentam (ou repetem) o “69”? Os dois têm prazer e, mais uma vez, não exige nada a nível físico. Por último, pode experimentar a mulher sentada no seu colo, de frente. Tem o contato visual (muito importante), a mulher está numa posição totalmente relaxada e ao homem é exigido muito pouco. Em todas estas posições, devem alternar entre quem faz mais o movimento. Alternando, vão conseguir gerir o esforço de ambos. Em situações mais “prazerosas” partilham o esforço.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

19-09-2022



RELACIONADOS