Oito motivos pelos quais o sexo faz bem à saúde

Oito motivos pelos quais o sexo faz bem à saúde

Amor e Sexo

Oito motivos pelos quais o sexo faz bem à saúde

Se a vida profissional se intromete na vida sexual é sinal de que nem tudo está bem. E isso pode ter impacto na saúde. Até porque «se os médicos pudessem, prescreviam sexo».

Artigo de Bruno Seruca

01-03-2018

“Estou cansado(a)” e “dói-me a cabeça” são apenas duas das desculpas que costumam ser utilizadas para fugir ao sexo. Em alguns casos, as pessoas deixam até que a vida profissional acabe por se intrometer na vida sexual. E a ausência de sexo poderá fazer com que a saúde fique a perder. De acordo com Tracey Cox, uma especialista em sexo e relações, “se os médicos pudessem, prescreviam sexo”. Para defender a sua teoria, Tracey Cox aponta, em declarações ao site Net Doctor, oito motivos pelos quais o sexo faz bem à saúde, na esperança de que os casais passem a procurar razões para ter uma melhor vida sexual.

1 – Sexo com frequência faz com que as pessoas pareçam mais novas
O sexo aumenta os níveis da hormona DHEA, responsável por fazer com que as pessoas se mantenham jovens. Após o orgasmo, os níveis de DHEA no sangue sobem, atingindo um número cinco vezes superior ao normal. Estudos provam que casais na casa dos sessenta anos que têm relações sexuais com frequência tendem a parecer cinco a sete anos mais novos do que aqueles que não têm relações sexuais com frequência.

2 – Pode aumentar a esperança de vida
Sexo regular, pelo menos duas vezes por semana, já foi relacionado com o aumento da esperança de vida das pessoas entre três a oito anos.

3 – Melhora a qualidade do sémen
A qualidade do sémen melhora quando os homens têm relações sexuais regulares. Algo comprovado com diversos estudos e testes. Por exemplo, dez dias de abstinência sexual reduzem significativamente a qualidade do esperma.

4 – Bom para o sistema imunitário
Ter relações sexuais uma ou duas vezes por semana aumenta os níveis de Imunoglobulina A presentes no corpo, aumentando assim a proteção contra constipações e gripes. Os casais que têm relações sexuais com frequência têm níveis mais elevados (30%) de Imunoglobulina A.

 

“Se os médicos pudessem, prescreviam sexo”, defende Tracey Cox, especialista em sexo e relações.

 

5 – Conta como treino físico
Queres ficar em forma mas não gostar de ir ao ginásio? Relações sexuais de 20 minutos por semana equivalem a um gasto de 7500 calorias. É o mesmo do que fazer 120 quilómetros em jogging. Uma boa sessão de sexo pode queimar 200 calorias. É o mesmo gasto de uma corrida de 15 minutos numa passadeira.

6 – Reduz dores menstruais
Diversas mulheres dizem sentir menos dores menstruais quando têm relações sexuais antes do início do ciclo menstrual. A contração muscular que ocorre durante o sexo liberta tensão do músculo uterino, que é responsável pelas dores menstruais.

7 – Faz bem ao coração
Diversos estudos defendem que relações sexuais frequentes ajudam a prevenir ataques cardíacos. Um dos estudos concluiu que homens que têm relações sexuais três vezes por semana reduzem consideravelmente o risco de sofrer um ataque cardíaco. Um outro estudo revela que mulheres que têm (pelo menos) dois orgasmos por semana reduzem, em 30%, a probabilidade de ter uma doença cardíaca. Durante o sexo, as batidas do coração passam de 70 para 150 por minuto, o que é um excelente treino para o coração.

8 – Bom para o nariz e garganta
O sexo reduz a quantidade de histamina – responsável pelo entupimento do nariz e comichão na garganta – presente no corpo. Em teoria até ajuda a suavizar os sintomas de febre alta. O que não significa que os medicamentos possam ser menosprezados e ignorados.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Bruno Seruca

01-03-2018



RELACIONADOS