OnePlus vai lançar o primeiro smartphone 5G na Europa

OnePlus vai lançar o primeiro smartphone 5G na Europa

Consumo

OnePlus vai lançar o primeiro smartphone 5G na Europa

O CEO da OnePlus adiantou num evento tecnológico que a fabricante vai lançar no segundo trimestre do próximo ano o primeiro smartphone 5G na Europa.

Artigo de Hugo Mesquita

06-12-2018

Há muito que se fala sobre o 5G e como isso vai mudar por completo a forma como lidamos com os nossos smartphones. A velocidade de ligação, prometem, irá tornar possível a denominada “Internet das coisas”, que permite, muito resumidamente, que dispositivos comuniquem entre si. Por muito que se fale ou que se prometam investimentos nesta nova tecnologia, certo é que ninguém mostrou ainda resultados concretos. Os chineses da OnePlus querem ser os primeiros a lançar um smartphone com 5G na Europa.

O CEO da OnePlus, Pete Lau, anunciou que a fabricante vai lançar o primeiro smartphone 5G na Europa algures no segundo trimestre do próximo ano, esperando, assim, tornar-se na primeira empresa a fazê-lo. O anúncio foi feito no evento Snapdragon Tech Summit da Qualcomm.

Junte-se a nós no Instagram:

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Juliana Paes brilha como nunca. Veja as fotos em ? www.paraeles.pt ? #paraeles #fama #sexy #sensualidade #beauty #picoftheday #gorgeous #summer #hot #lingerie

Uma publicação partilhada por ParaEles (@paraelesofficial) a

“O 5G é uma tendência importante com os seus próprios desafios tremendos”

Pete Lau admitiu que a adoção desta tecnologia acarreta um maior custo para os consumidores. Sobre os valores deste novo smartphone, nenhum número concreto foi avançado, ainda que o responsável tenha admitido que estes novos modelos 5G deverão “custar mais 200 a 300 dólares” em relação aos atuais modelos.

“O 5G é uma tendência importante com os seus próprios desafios tremendos… estamos a trabalhar para perceber a tecnologia tão rápido quanto possível”, explicou Lau. A aposta da OnePlus no 5G não implica, contudo, que a empresa deixe de lançar modelos 4G.

 

Artigo de
Hugo Mesquita

06-12-2018



RELACIONADOS