Citadino, nervoso e… luxuoso!

Citadino, nervoso e… luxuoso!

Consumo

Citadino, nervoso e… luxuoso!

O Cinquecento Riva é um caso sério de paixão: quem o experimenta já não o quer largar.

Artigo de Equipa Paraeles

22-08-2017

O Fiat 500 já conta no seu portfólio com diversas edições especiais, mas uma das mais icónicas desta nova vida do Cinquecento, para além das desportivas Abarth, é o novo Riva. Desenhado tendo como base de inspiração os luxuosos barcos Riva, fundados em 1842 por Carlo Riva e que são o equilíbrio perfeito entre o luxo, conforto e elegância intemporal, sinónimo de bom gosto em qualquer lago italiano, nos canais de Veneza, nas marinas do Mónaco ou norte-americanas, este pequeno citadino não deixa ninguém indiferente.

Desde o motor nervoso (na versão ensaiada, tinha o bloco 1.3 Multijet a gasóleo, com 95 CV, mas que leva o veículo dos 0-100 km/h em 10 segundos e atinge uma velocidade máxima de 188 km/h), aos pormenores distintivos desta versão, o pequeno automóvel faz qualquer um ficar apaixonado.

O primeiro e agradável impacto prende-se com a cor do modelo e da capota, um azul igual ao do mais recente barco italiano, o Aquariva Super Yacht, não esquecendo as capas dos espelhos e puxadores de portas cromados, assim como o friso central do capot, a fazer lembrar a proa dos iates.

Logo de seguida, a capota de lona de alta qualidade, recolhível, que deixa os ocupantes desfrutarem com todo o conforto das viagens a céu aberto. Depois de tudo isto, mil e um pormenores, como as duas finíssimas riscas azul claras que acompanham todo o comprimento do carro, os logotipos Riva colocados estrategicamente nos guarda-lamas dianteiros, nas laterais, na alavanca de velocidades, no ecrã do conta-quilómetros ou no generoso ecrã táctil ao ligar-se o carro.

E, sem sombra de dúvida, a excelência do requinte no mogno maciço envernizado com inserções em madeira de ácer do tablier, nas elegantes jantes de 16 polegadas e num fabuloso sistema de som.
Os bancos são revestidos a pele Poltrona Frau de cor marfim, com costuras do mesmo tom e rebordos a azul, os mesmos tons dos cintos de segurança.

Os consumos são uma agradável surpresa, para um motor nervoso como este e cheio de força, ficando-se entre os 3,5 e os 5,5 litros aos cem quilómetros, quer seja fora de cidade ou em circuito urbano.

Em termos de conforto e funcionalidade, este pequeno tem tudo o que os grandes têm, desde sensores de estacionamento traseiros, cruise control, pegas de apoio no lado do passageiro, proteção da capota em lona, retrovisores elétricos com desembaciamento e sensor de temperatura exterior, banco do passageiro com memória mecânica da posição, sistema start&stop, telecomando para abertura e fecho de portas, volante regulável em altura, ar condicionado automático e banco traseiro rebatível (50/50) com encosto de cabeça regulável em altura.

No capítulo da segurança, conta com airbag de condutor, do passageiro, para os joelhos no lado do condutor, airbags de cortina e laterais, controlo de estabilidade e “Hill Holder”, faróis de nevoeiro, limitador de velocidade e alerta de falta de pressão nos pneus.

O preço é que se torna numa menos agradável surpresa, com a versão base deste Riva a ficar nos 25 mil euros. Mas… o que é isso para o prazer que dá este pequeno automóvel?

Ficha Técnica:

Fiat 500 Riva
Motor: 1248 cm3
Potência máxima (cv/rpm): 95/4000
Binário máximo (Nm/rpm): 200/1500
Peso (kg): 1020
Capacidade da bagageira (l): 185
Depósito de combustível (l): 35
Velocidade máxima (km/h): 188
Preço base (euros): 25.000

Percorra a galeria para conhecer o novo citadino da Fiat

Texto: Luís Peniche
Fotos: José Manuel Marques

Lê também:


Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

22-08-2017



RELACIONADOS