Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

Lifestyle

Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

«Nesta casa de taberneiros bebe-se vinho, joga-se à sueca e torce-se pelo Vitória». Se cumpres os requisitos, tens de conhecer a Taberna do Largo.

As casas de petiscos têm uma procura cada vez maior. E quando são bons, baratos e acompanhados de vinho de qualidade, ainda melhor! Se procuras aquilo que escrevemos nestas duas primeiras frases, tens mesmo de conhecer a Taberna do Largo, em Setúbal. «Nesta casa de taberneiros bebe-se vinho, joga-se à sueca e torce-se pelo Vitória» é um dos slogans da casa. Apenas uma das várias frases que podes encontrar nesta pequena casa acolhedora, situada no Largo Dr. Francisco Soveral. Se não cumprires os requisitos não te preocupes que serás bem recebido. Se bem que será complicado resistir ao vinho servido na taberna.

 

Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

 

Dizem que o primeiro impacto conta muito. Sendo assim, a Taberna do Largo fica logo a ganhar. A decoração leva-te a acreditar que viajaste no tempo. Tanto que nem acreditas que estás a entrar numa antiga loja de roupa que Pedro Gaiveu transformou num espaço que merece ser visitado. O espírito taberneiro ganha vida num balcão onde se destaca a pipa onde está o vinho tinto que se serve. Na parede irás encontrar uma mesa de matraquilhos que serve apenas de decoração.

 

Ovos com farinheira, bolinhas de alheira e camarão em sertã ao alhinho são apenas alguns dos petiscos que podes encontrar na Taberna do Largo

 

Apresentações feitas… está no momento de te deixar com água na boca. Assim que o cliente se senta, é brindado com pão e broa, manteiga de ervas e umas deliciosas azeitonas e tremoços marinados. Está dado o primeiro passo para uma relação de amor gastronómico. Seguem-se os petiscos. Onde se encontra linguiça salteada com alecrim com pickles, camarão em sertã ao alhinho, ovos com farinheira e queijo assado. Já estás a salivar? Então podemos falar da morcela com ananás, pica-pau (pode ser de atum), tirinhas de choco (afinal de contas, estamos em Setúbal), pimentos padron, uns picam outros non!, ostras e bolinhas de alheira. E não de falámos de todos os petiscos.

 

Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

 

Desengana-te se pensas que terás de abrir os cordões à bola. O preço dos petiscos tem início nos 1,50 euros (cada ostra) e atinge o limite nos 10 euros (camarão da taberna). E como são pratos de partilha – sem contar com as ostras – não terás de pagar uma fortuna para um repasto diferente. Depois da comida, não podemos deixar de falar no vinho. Que é irresistível para os fãs do néctar dos deuses. Podes contar ainda com uma equipa simpática e uma cozinha que não esconde o que está a fazer. E como depois de tudo isto, não te podes ir embora sem uma sobremesa, é obrigatório provar a mousse!

 

Taberna do Largo ou o paraíso dos petiscos

 

A reserva é aconselhável (265 526 113) porque o espaço não é muito grande. A Taberna do Largo está aberta das 10h às 2h e fecha apenas ao domingo. O preço médio por pessoa ronda os 12 euros. Se não entrares nesta casa de taberneiros a beber vinho, jogar à sueca e a torcer pelo Vitória, existe a possibilidade de abandonares o local a fazer tudo isto! E com vontade de voltar.

Artigo de
Bruno Seruca

RELACIONADOS