Uma viagem por Nottingham, a cidade onde Robin dos Bosques ainda vive

Uma viagem por Nottingham, a cidade onde Robin dos Bosques ainda vive

Lifestyle

Uma viagem por Nottingham, a cidade onde Robin dos Bosques ainda vive

Nottingham é a famosa cidade no interior de Inglaterra que nos remete para as histórias de Robin dos Bosques, o fora-da-lei que roubava aos ricos para dar aos pobres. Este herói costumava esconder-se na Floresta de Sherwood, 35 quilómetros a norte da cidade.

Artigo de Equipa Paraeles

17-05-2020

Nottingham é a famosa cidade no interior de Inglaterra que nos remete para as histórias de Robin dos Bosques, o fora-da-lei que roubava aos ricos para dar aos pobres. Este herói costumava esconder-se na Floresta de Sherwood, 35 quilómetros a norte da cidade. Nottingham fica na região de Nottinghamshire, a uma hora e 45 minutos de comboio de Londres e destaca-se pelo bonito centro histórico. Foi uma das primeiras cidades industriais de Inglaterra. Entretanto, os prédios do século XIX deram lugar a restaurantes, bares e lojas independentes.

A principal praça e o castelo

A porta de entrada na cidade é a Old Market Square, uma grande praça que acolhe feiras e concertos. É lá que fica o imponente edifício da Câmara Municipal. Existem ainda diversas lojas em redor da praça. Ali bem perto não deixe de observar a Torre do Relógio.

Leia ainda: Birmingham tem 571 parques, é um banho de cultura e foi o berço do heavy metal

A dez minutos a pé da Old Market Square fica o Castelo de Nottingham, a atração turística mais conhecida. À entrada, vai encontrar uma estátua do Robin dos Bosques. Em 1067, Guilherme I de Inglaterra mandou ali construir uma primeira estrutura de madeira. Em 1170 Henrique II de Inglaterra reconstruiu o castelo, desta vez em pedra, e tornando-o na principal fortaleza da região.

Em 1831, o prédio foi incendiado por manifestantes, que exigiam uma reforma eleitoral. Foi reconstruído e reaberto em 1878 como a primeira galeria de arte municipal fora de Londres. No seu acervo podemos encontrar obras de artistas holandeses e do Norte do Europa do século XVII. E também trabalhos de conhecidos artistas contemporâneos, como Grayson Perry, Wolfgang Tillmans e Sam Taylor-Johnson.

Pelas grutas de Nottingham

Em Nottingham existem mais de 500 grutas artificiais e muitas delas vêm desde a Idade Média. Por baixo do Castelo de Nottingham há um labirinto de cavernas artificiais, que estão abertas ao público. Reza a lenda que em 1330, o rei Eduardo III entrou no castelo através dessas passagens secretas para dar um golpe de estado contra a sua mãe, Isabella da França, e o amante dela, sir Roger Mortimer. Ambos tinham conspirado para assassinar o seu pai, Edward II.

A presença do Robin dos Bosques na cidade

Nesta altura deve estar a perguntar se, para além da estátua à entrada do castelo não existe mais nada em Nottingham que remeta para o Robin dos Bosques. Existe, sim senhor. Todos os anos, em agosto realiza-se o Festival Robin dos Bosques na Floresta de Sherwood. É uma grande feira medieval que conta com a presença das principais personagens desta lenda. Os atores vestem-se com roupa típica da época e também se vende comida e bebida desses tempos.

Veja também: Sheffield é a cidade do berço do futebol e também tem muita história para contar

Já no centro de Nottingham existe uma loja chamada The Robin Hood Experience. Lá vai poder encontrar produtos relacionados com esta lenda. Existem ainda 12 painéis espalhados pela cidade com informações e histórias sobre a vida de Robin Hood. A maior parte deles fica na Castle Gate, uma das principais ruas históricas.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Nottingham.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

17-05-2020



RELACIONADOS