País Basco: alta gastronomia, praias e uma cultura muito própria

País Basco: alta gastronomia, praias e uma cultura muito própria

Lifestyle

País Basco: alta gastronomia, praias e uma cultura muito própria

O País Basco (Euskadi, para os locais) está localizado no extremo norte de Espanha e no extremo sudoeste de França, sendo cortado pela cadeia montanhosa dos Pirinéus e banhado pelo Golfo da Biscaia.

Artigo de Equipa Paraeles

30-04-2019

O País Basco (Euskadi, para os locais) está localizado no extremo norte de Espanha e no extremo sudoeste de França, sendo cortado pela cadeia montanhosa dos Pirinéus e banhado pelo Golfo da Biscaia.

As cidades mais importantes são Bilbau e San Sebastián e a região distingue-se pela cultura própria, visível sobretudo no idioma (o Euskara), pelas lindas paisagens e pela alta culinária. Vamos começar a nossa “viagem” precisamente pelos prazeres do estômago.

Pintxos, peixe e marisco

Não é por acaso que o País Basco é conhecido por ser a região onde melhor se come em Espanha. Afinal de contas, há muitos exemplos de restaurantes com Estrela Michelin – 30 no total, 16 dos quais estão em San Sebastián, a cidade com mais Estrelas Michelins por habitantes do mundo.

Não pense no entanto que precisa de ir a restaurantes caros para provar o melhor da gastronomia local. A tradição no País Basco é pedir um pintxo (um género de tapas) e uma “caña”, enquanto se salta de bar em bar. Na esmagadora maioria dos restaurantes existe um grande respeito pelas receitas tradicionais, que vão sendo atualizadas sem perder a autenticidade.

Leia ainda: Estes são os 10 castelos mais bonitos da Europa

Os pintxos existem em qualquer bar ou restaurante e normalmente basta comprar uma bebida para ganhar quatro ou cinco. São pequenas porções de pratos da culinária local, podendo por exemplo ser uma fatia de tortilla de papas ou pequenas sandes de presunto ou até medalhões de peixe com bacon. Mas o pintxo mais conhecido é a guilda, uma combinação de piparra (pimenta verde) com anchovas e azeitonas.

Peixes e mariscos formam a base da gastronomia basca, sempre preparados com alho e azeite de oliva. Nos pratos típicos, destacam-se os pimentões recheados com Bacalhau e o Bacalhau a la Biscaína, servido com molho de tomate e pimentões. E ainda a Chistorra, linguiça que mistura as carnes de vaca, porco e ervas aromáticas.

O País Basco é também conhecido pelo bom vinho e a tradição é despejá-lo no copo a uma distância de cerca de 30 centímetros. O mais famoso é o Txacoli, um vinho verde ligeiramente frisante, mas também há excelentes exemplos de vinhos tintos.

Museu Guggenheim é a grande estrela de Bilbau

É em Bilbau que fica o Museu Guggenheim, a atração mais conhecida do País Basco. Todos os pormenores da construção deste museu de Arte Moderna foram pensados para cativar os visitantes. As suas curvas, ângulos e arcos conduzem a uma sensação de movimento que simboliza a transformação que estão submetidas as cidades do mundo. Visto do rio, o edifício parece ter a forma de um barco, homenageando a cidade portuária de Bilbau.

Veja também: 8 destinos para conhecer em Espanha

Em Bilbau não deve igualmente deixar de visitar o Museu de Belas Artes e a Catedral de Santiago de Bilbau. Uma caminhada pelo Casco Viejo, a cidade antiga de Bilbao, é sempre um bom programa, enquanto avista edifícios do século XIV. No local, está situado o Mercado de La Ribera, onde há sempre fruta e legumes frescos e bancas com o melhor da culinária basca. Bilbau é ainda uma ótima cidade para os amantes de compras, nomeadamente na Gran Vía de Don Diego López, uma grande avenida repleta de lojas famosas.

San Sebastián tem um centro histórico encantador

Nem só de excelente gastronomia vive San Sebastián. O seu centro histórico, conhecido como Parte Vieja, é encantador, sendo composto por ruas estreitas (muitas delas exclusivamente para peões) e por muitas lojas e bares de pintxos (lá está, é difícil falar desta cidade sem “tropeçarmos” na sua culinária).

Ainda na Parte Vieja merece destaque a Praça da Constituição, onde ficam a igreja de São Vicente, o Museu San Telmo – o melhor local para ter contacto com a cultura basca – e a Basílica de Santa Maria do Coro.

Fora do centro histórico, fica o Monte Urgull, que permite um belo passeio. No topo do monte está o Castillo de La Mota, uma fortaleza do século XII a partir do qual se tem uma vista fantástica sobre San Sebastián.

Outra das atrações da cidade, mas apenas nos meses de verão, é a Praia de La Concha. É um grande areal que vai desde o Ayuntamiento até ao Peine del Viento, uma obra de aço do escultor Eduardo Chillida, incrustada nas rochas no extremo da baía de La Concha. Veja aqui mais fotos do País Basco.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

30-04-2019



RELACIONADOS