O melhor roteiro por Maastricht, a histórica cidade no sul da Holanda

O melhor roteiro por Maastricht, a histórica cidade no sul da Holanda

Lifestyle

O melhor roteiro por Maastricht, a histórica cidade no sul da Holanda

Na Holanda há vida para além da capital Amesterdão. Maastricht, uma das cidades mais antigas no país, é um bom exemplo. Situada no sudeste da Holanda, entre a Bélgica e a Alemanha, divide-se entre as duas margens do rio Maas.

Artigo de André Cruz Martins

27-02-2020

Na Holanda há vida para além da capital Amesterdão. Maastricht, uma das cidades mais antigas no país, é um bom exemplo. Situada no sudeste da Holanda, entre a Bélgica e a Alemanha, divide-se entre as duas margens do rio Maas. Não é uma cidade de grande dimensão e as suas principais atrações turísticas são facilmente percorridas a pé.

Leia ainda: Utrecht, uma Amesterdão em ponto pequeno e com muito menos turistas

Se chegar a Maastricht de comboio, dirija-se para a ponte Sint Servaasbrug, mesmo em frente à estação. Depois de a atravessar, chegou ao centro da cidade. Vai encontrar muitas lojas, cafés e restaurantes. E esta zona também é famosa pelos bares e discotecas, sendo um dos principais locais de concentração dos muitos estudantes que aqui vivem.

A principal praça, uma igreja e a estátua de D’Artagnan

A principal praça da cidade chama-se Vrijthof. Rodeada por árvores centenárias, pode subir à torre da Igreja Sint Janskerk e observar uma das mais belas vistas da cidade. Ao caminhar pelo centro histórico, certamente vai reparar na Basílica de Nossa Senhora, em estilo românico. É iluminada por dentro e destaca-se pelos bonitos vitrais. Merece uma visita ao seu interior.

Pode ainda conhecer a estátua de D’Artagnan. O famoso companheiro dos Três Mosqueteiros morreu em Maastricht e daí esta homenagem. A estátua fica no Stadspark, perto da rua Aldenhofpark. Este é o maior parque da cidade e aqui pode dar bons passeios e respirar ar puro.

Um moinho que ainda funciona e o monte Sint-Pietersberg

Sugerimos ainda que visite o moinho de Bisschopmolen, um dos mais antigos da Holanda. Ainda funciona nos dias de hoje e a farinha por ele produzida é utilizada pela padaria que fica mesmo ao lado. Os bolos são simplesmente deliciosos. Um dos mais típicos é o vlaai, uma torta recheada de frutas.

Veja também: Liège, a bonita cidade belga onde o turismo de massas ainda não chegou

Aconselhamos ainda que tire uma manhã ou uma tarde para visitar o Sint-Pietersberg (Monte São Pedro), nos arredores da cidade. Ali vai encontrar um forte antigo e várias grutas, que servem de local de hibernação para morcegos. Na primavera e no verão, é possível fazer visitas guiadas às grutas. Estas cavernas foram construídas pelos romanos há cerca de 2000 anos e têm cerca de oito quilómetros de extensão. Serviram de abrigo a cerca de 40 mil pessoas durante a Segunda Guerra Mundial.

Comida simples mas deliciosa

Já aqui falámos num dos bolos típicos de Maastricht. As outras comidas tradicionais são bastante simples. Temos de fazer referência ao bitterballen, um croquete redondo, recheado com carne e servido com mostarda. O kaassoufflé é uma empanada com queijo derretido. E o frikandel é uma salsicha no pão, com batatas fritas. Mas ao contrário dos cachorros quentes, é frito e acompanhado por molho curry.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Maastricht.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
André Cruz Martins

27-02-2020



RELACIONADOS