O paraíso de tranquilidade que fica a 150 quilómetros do Rio de Janeiro

O paraíso de tranquilidade que fica a 150 quilómetros do Rio de Janeiro

Lifestyle

O paraíso de tranquilidade que fica a 150 quilómetros do Rio de Janeiro

A Ilha Grande é sem dúvida um dos grandes paraísos brasileiros. Fica perto de Angra dos Reis, a apenas 150 quilómetros do Rio de Janeiro. Até muito recentemente, era um destino muito pobre em termos de infraestruturas e alojamento, mas isso entretanto mudou radicalmente.

Artigo de André Cruz Martins

12-02-2020

A Ilha Grande é sem dúvida um dos grandes paraísos brasileiros. Fica perto de Angra dos Reis, a apenas 150 quilómetros do Rio de Janeiro. Até muito recentemente, era um destino muito pobre em termos de infraestruturas e alojamento, mas isso entretanto mudou radicalmente. Sempre com o cuidado de preservar o meio ambiente, a região vem conseguindo atrair um número crescente de turistas. Se ao passar uns dias de descanso na ilha não conseguir relaxar e esquecer os problemas do dia-a-dia, possivelmente não o conseguirá em mais nenhum local do mundo. Tranquilidade é a palavra de ordem.

Duas praias magníficas

As magníficas praias são o principal cartão-de-visita da Ilha Grande. A Praia de Santo António é uma das mais bonitas. Pouco frequentada, é um lugar indicado para quem quiser isolamento. Para lá chegar é preciso seguir um curto trilho em direção a Lopes Mendes, de quem vem de Abraão. Não há lojas nem hotéis perto e até o campismo é proibido.

Leia ainda: Paraty, o destino brasileiro que é um poço de cultura e famoso pela gastronomia

Lopes Mendes é outra praia que merece ser visitada. O mar azul-turquesa é de uma beleza indescritível. Quem gosta de praticar surf tem aqui um verdadeiro paraíso. As muitas árvores que existem na praia proporcionam sombras ao longo de 3 quilómetros de areal. Pode comprar comida e bebida aos vendedores ambulantes que por aqui andam. Também é proibido fazer campismo.

Conhecer a ilha a pé e de lancha

Uma das melhores formas de explorar os 193 quilómetros quadrados de área da Ilha Grande é fazendo longas caminhadas. Pode ir desbravando terreno pelo meio da mata, enquanto se vai cruzando com cachoeiras e riachos. Mas também pode escolher percursos à beira-mar e dar uns mergulhos para se refrescar. Os diversos trilhos estão muito bem indicados ao longo de toda a ilha. Existem placas numeradas de 1 a 16, com tempo médio do percurso e grau de dificuldade.

Veja também: As cataratas e outros cenários naturais deslumbrantes da Foz do Iguaçu

Outra forma de explorar a ilha é de lancha. No entanto, sairá bem mais caro, pois um passeio chega facilmente aos 160 reais (cerca de 34 euros). Tem a enorme vantagem de poder visitar praias que só seriam acessíveis com vários dias de trilhos percorridos.

Outras atrações

Existem uma série de atrações imperdíveis na Ilha Grande. Nomeadamente a Cachoeira da Feiticeira e duas ruínas históricas: o Aqueduto e as Ruínas do Lazareto. Não faltam também miradouros que proporcionam vistas deslumbrantes. A comida na Ilha Grande é simples mas deliciosa. Há muito peixe e marisco, normalmente acompanhado por cerveja bem gelada. Se tivermos de eleger um local para almoçar ou jantar, escolhemos o restaurante Pé na Areia. Fica localizado na Praia do Abraão e de noite há música ao vivo.

Percorra a galeria e veja mais fotos da Ilha Grande.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
André Cruz Martins

12-02-2020



RELACIONADOS