Estrasburgo, a bonita cidade francesa que é muito mais do que a sede do Parlamento Europeu

Estrasburgo, a bonita cidade francesa que é muito mais do que a sede do Parlamento Europeu

Lifestyle

Estrasburgo, a bonita cidade francesa que é muito mais do que a sede do Parlamento Europeu

Estrasburgo é uma cidade referida nas notícias diárias um pouco por toda a Europa. Tudo porque é neste destino no nordeste de França que se encontra a sede do Parlamento Europeu.

Artigo de Equipa Paraeles

03-07-2020

Estrasburgo é uma cidade referida nas notícias diárias um pouco por toda a Europa. Tudo porque é neste destino no nordeste de França que se encontra a sede do Parlamento Europeu. Para além da sua importância política, Estrasburgo é uma cidade muito bonita. Não faltam monumentos interessantes e zonas aprazíveis para passear. Com um pouco menos do que 300 mil habitantes, é uma cidade moderna, mas onde se respira um ambiente tranquilo.

A majestosa catedral e quatro igrejas medievais

Estrasburgo é atravessada pelo rio Ill, sendo constituída por várias ilhas. A mais conhecida é a Grande Île, Património Mundial da UNESCO desde 1988. Trata-se do centro histórico da cidade e aqui situam-se os seus mais emblemáticos monumentos.  É na Grande Île que fica um dos seus grandes símbolos, a Catedral Notre-Dame.

Leia ainda: Lyon, uma cidade com muita história e capital da gastronomia em França

A sua construção terminou em 1439 e entre 1625 a 1874 foi o edifício mais alto do mundo. Permaneceu como a maior igreja do mundo até 1880, ano em que foi ultrapassada pela Catedral de Colónia, na Alemanha. Hoje em dia, é a quarta maior igreja do mundo. Do seu topo, a 140 metros de altura, tem-se a mais bela panorâmica da cidade. Se a sua visita ocorrer às 12h30 vai ouvir as sonoras badaladas do relógio medieval astronómico da catedral. Ainda na Grande Île, há quatro belas igrejas medievais para descobrir: Saint Tomás, Saint-Pierre-le-Vieux, Saint-Pierre-le-Jeune e Saint-Étienne.

A principal praça e uma zona para passear

A poucos metros da Catedral Notre-Dame, vai encontrar a Place Gutenberg. Uma das principais praças da cidade recebeu o nome do inventor da imprensa, que viveu em Estrasburgo durante 10 anos. Existe uma estátua em sua memória no centro da praça. Nesta zona, pode ainda admirar o imponente edifício da Câmara de Comércio. Existem ainda cafés com esplanada, ideias para aproveitar o bom tempo.

É ainda imperioso que conheça a zona denominada por Petite France. Fica à beira do rio e é ideal para passear com tranquilidade, enquanto se observa a vista a vista e os pequenos prédios. Existem muitos percursos exclusivos para pedestres e ciclistas.

Uma adega histórica e um enorme jardim

Se for apreciador de vinhos aconselhamos que visite a Cave Historique des Hospices de Strasbourg. O nome desta adega deve-se ao facto destas instalações terem sido no passado um hospício. Neste lugar é possível encontrar um barril com o vinho engarrafado mais antigo do mundo. É um vinho branco produzido em 1472, com aromas de baunilha, avelã e cânfora. Philippe Junger, responsável por esta adega, afirma que ainda pode ser bebido. “É um vinho de faro e muito ácido na boca. É extraordinário, mas não se pode abusar”, conta.

Veja também: Toulouse, a cidade francesa onde impera a arquitetura majestosa

Entretanto, se procurar um lugar para descansar e relaxar em Estrasburgo, aconselhamos o Parc de l’Orangerie. É o parque mais antigo e de maior dimensão na cidade. Está cheio de árvores centenárias e possui parque infantil. É ideal para passear, correr e andar de bicicleta.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Estrasburgo.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

03-07-2020



RELACIONADOS