Dicas para acabar com o ressonar de vez

Dicas para acabar com o ressonar de vez

Lifestyle

Dicas para acabar com o ressonar de vez

O ronco é desvalorizado por muitas pessoas mas as consequências podem ser muito graves para a saúde.

Artigo de Bruno Seruca

08-05-2019

Sejamos honestos, todos conhecemos alguém que ressona bastante. Se é que não somos nós que o fazemos. É certo que ressonar é algo bastante comum, o que faz com que muitas pessoas desvalorizem o ronco. Mas não deixa de ser verdade que é algo que pode ser um obstáculo para uma relação, isto sem esquecer que também podemos estar perante uma situação grave para a saúde.

Junte-se a nós no Instagram

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Arianny Celeste, o exotismo que invade os octógonos. Conheça em ? www.paraeles.pt ? #paraeles #fama #sexy #sensualidade #beauty #picoftheday #gorgeous #summer #hot

Uma publicação partilhada por ParaEles (@paraelesofficial) a

De forma resumida e simples, o ronco é o som que resulta do relaxamento dos músculos da região da faringe e pelo estreitamento das vias aéreas superiores. Trata-se de algo que não deve ser desvalorizado porque pode ser um indicador de um desequilíbrio orgânico, podendo ainda gerar um. Além disso, e no que aos homens diz respeito, é algo que poderá estar relacionado com a disfunção erétil. Por isso, não desvalorize o ressonar e não acredite nas pessoas que dizem não existir solução para este problema.

O primeiro passo é perceber a causa do ressonar. E aqui a lista é extensa. Posição corporal, desvio do septo nasal, obstruções nasais, envelhecimento, hipertrofia das amígdalas, queixo retraído e pólipos nasais são algumas das causas. Que podem contar com agravantes como consumo de bebidas alcoólicas, tabaco, obesidade, medicação para dormir e alimentação pesada que se ingere antes de ir para a cama. Tudo isto misturado resulta em efeitos que podem ser graves. Como é o caso de perda de concentração durante o dia, irritabilidade, ataques de sonolência, paragens cardíacas, baixa oxigenação do sangue e AVC.

Adotar um estilo de vida mais saudável

O primeiro passo para resolver o problema é consultar um especialista. Até porque, como explicámos anteriormente, as causas podem ser diversas. É também importante ter em conta que as consequências mais graves resultam da apneia de sono, que está ligada ao ressonar. Ou seja, da obstrução total das vias aéreas que fazem com que os adultos não consigam respirar durante mais de 10 segundos, ou 3, no caso das crianças.

Caso o diagnóstico aponte para um ressonar leve, existem pequenos passos que podem fazer a diferença. Não dormir de barriga para cima é uma solução a ter em conta. Os outros passam por adotar um estilo de vida mais saudável. Deixar de fumar, adotar uma alimentação saudável e praticar desporto também vão ter influência no sono. Um retrator de língua também pode ser uma boa ajuda. Existem ainda intervenções cirúrgicas que só devem ser efetuadas após recomendação clínica.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Bruno Seruca

08-05-2019



RELACIONADOS