Beber álcool em excesso pode acelerar o envelhecimento

Beber álcool em excesso pode acelerar o envelhecimento

Lifestyle

Beber álcool em excesso pode acelerar o envelhecimento

Gosta de um bom copo de vinho? Não tem mal nenhum e até traz vários benefícios para a saúde, nomeadamente no foro cardiovascular.

Artigo de Equipa Paraeles

03-08-2022

Gosta de um bom copo de vinho? Não tem mal nenhum e até traz vários benefícios para a saúde, nomeadamente no foro cardiovascular. O problema é quando nos excedemos e bebemos mais do que devemos. E isto aplica-se a tudo. Abrace este pensamento para o resto da vida: tudo o que faz em excesso é prejudicial para a saúde, por isso, não o faça. No caso do álcool, uns copos a mais, com frequência, podem acelerar o processo de envelhecimento. Essa é a conclusão de um estudo da conceituada Universidade de Oxford.

Beber álcool em excesso pode acelerar o envelhecimento

Leia ainda: Não beba sozinho, pela sua saúde

Analisando os dados de mais de 250 mil pessoas, os investigadores apuraram que aqueles que consomem, em média, mais de 17 unidades de álcool, por semana, tinham telómeros mais curtos. Perceberam também que os participantes que bebiam uma quantidade menor, em relação a esta, não estavam tão em risco de ter os telómeros mais curtos. Ora, é o que são os telómeros? São uma espécie de “tampas biológicas” que se encontram nas extremidades dos cromossomas que protegem o ADN de danos. Ora, estes telómeros ficam, mais curtos com a idade e agora, sabe-se, podem diminuir precocemente em pessoas que bebem demasiado álcool. Ainda, assim, os responsáveis por este estudo ainda não descobriram qual é a característica do álcool que afeta o tamanho dos telómeros.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

03-08-2022



RELACIONADOS