A “verde” Dortmund é a capital alemã do futebol e tem muito para  explorar

A “verde” Dortmund é a capital alemã do futebol e tem muito para explorar

Lifestyle

A “verde” Dortmund é a capital alemã do futebol e tem muito para explorar

Localizada no centro de Alemanha, Dortmund é a oitava cidade mais populosa do país e um destino interessante para explorar. No século XIX tornou-se num importante centro da indústria siderúrgica e foi um dos primeiros locais na Europa a ter fábricas de cerveja.

Artigo de André Cruz Martins

01-01-2020

Localizada no centro de Alemanha, Dortmund é a oitava cidade mais populosa do país e um destino interessante para explorar. No século XIX tornou-se num importante centro da indústria siderúrgica e foi um dos primeiros locais na Europa a ter fábricas de cerveja. Hoje em dia, é uma cidade muito verde, com parques aprazíveis e muito virada para o comércio e para a cultura.
Venha connosco numa viagem pelas principais atrações turísticas desta bonita cidade.

Uma igreja e uma mina de carvão

Pode começar a visita por Dortmund pela famosa Reinoldikirche, a igreja mais antiga da cidade. Foi construída na segunda metade do século XIII e é dedicada ao santo padroeiro da cidade, Renaud de Montauban. É uma construção que mistura os estilos românico e gótico, sendo possível subir até à torre do sino, que fica a 105 metros de altura. No topo, existe não um, mas cinco sinos, com cada um deles a pesar entre quatro a cinco toneladas.

Leia ainda: Bremen é uma cidade alemã que parece saída de um conto de fadas

A Mina de Carvão Zollern é outro lugar emblemático e remete-nos para o passado industrial da região da Vestefália. Foi construído em 1898 como uma mina-modelo e em 1981 passou a receber o Museu Industrial da Vestefália. Admire os edifícios do estilo Art Noveau e visite o grandioso salão de máquinas, o quartel de bombeiros, a oficina do ferreiro, entre outros lugares interessantes.

A cidade do futebol germânico

Se gostar de futebol e de visitar grandes estádios não deixe de passar pelo magnífico Signal Duna Park. É a casa do Borussia Dortmund, o principal clube da cidade tem capacidade para cerca de 81 mil espectadores. Existem visitas guiadas neste recinto desportivo, o terceiro maior estádio na Europa. A Südtribüne (Superior Sul) tem capacidade para 24454 espectadores, o que a torna na maior bancada do futebol europeu.

Veja também: Dresden, a cidade alemã do Barroco em que o moderno e o tradicional se fundem de forma perfeita

De resto, Dortmund pode bem ser considerada a capital do futebol germânico. Para além de ter aqueles que são considerados dos mais entusiásticos adeptos do país, é lá que fica o Museu do Futebol Alemão. Foi inaugurado em 2015 e conta a história da modalidade de forma interativa. Não faltam referências ao início da prática do futebol na Alemanha, no final do século XIX, passando pelo primeiro título de Campeão do Mundo, obtido em 1954. E, claro, existe um canto muito especial dedicado à conquista do Mundial de 2014, em pleno Brasil. Com destaque para os célebres 7-1 aplicados pela Alemanha à seleção da casa, em jogo das meias-finais.

Um grande jardim para passear

Dortmund é uma das cidades alemãs mais verdes. O Westfalenpark, em pleno centro, é o maior parque da cidade. Tem vários jardins temáticos com plantas de todo o mundo e pelos pequenos lagos. Possui ainda um miradouro do qual terá vista privilegiada sobre o vale do Ruhr. Aconselhamos a que tire pelo menos uma hora do seu dia para passear por este belo local e desfrutar do ambiente pacato e bucólico.

Percorra a galeria e veja mais fotos de Dortmund.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
André Cruz Martins

01-01-2020



RELACIONADOS