5 dos mais incríveis fenómenos naturais espalhados pelo mundo

5 dos mais incríveis fenómenos naturais espalhados pelo mundo

Lifestyle

5 dos mais incríveis fenómenos naturais espalhados pelo mundo

O mundo está cheio de maravilhas naturais de todos os tipos e muitas pessoas não se importam de fazer centenas ou mesmo milhares de quilómetros para as apreciar.

Artigo de André Cruz Martins

03-10-2019

O mundo está cheio de maravilhas naturais de todos os tipos e muitas pessoas não se importam de fazer centenas ou mesmo milhares de quilómetros para as apreciar. O conceituado site de turismo “The Travel” elegeu alguns dos mais maravilhosos fenómenos naturais espalhadas pelo mundo. Há mistérios em cachoeiras, lagos deslumbrantes, um deserto muito especial e mais a descobrir.

Cataratas de Sangue (Antártida)

As misteriosas Cataratas de Sangue (“Blood Falls”) estão localizadas no Lago Bonney, na Antártida. São conhecidas devido à água avermelhada que mancha o enorme Glaciar Taylor que se estende 100 quilómetros através dos Montes Transantárticos. Segundo os especialistas, quando o glaciar se estendia pelo continente há milhões de anos, prendeu um lago pequeno salgado sob várias camadas de neve e gelo.

Leia ainda: Estas são as 10 cidades mais visitadas do mundo em 2019

Deste modo, a água tornou-se cada vez mais concentrada, até ficar salgada demais para congelar a temperaturas normais. A coloração é o resultado de uma água salgada rica em ferro que oxida ao entrar em contacto com o ar, tal como a ferrugem.

Eternal Flame Falls (Nova Iorque)

Os visitantes do Chestnut Ridge Park, em Nova Iorque, ficam espantados com um fenómeno que lá observam. Como pode haver uma chama eterna debaixo da queda da água proveniente de uma cachoeira? Na verdade, o fenómeno explica-se pelo vazamento de gás natural que gera o fogo. E, na verdade, a chama não é eterna, como o seu nome sugere, surgindo apenas de quando em vez.

Lago Hillier (Austrália)

O Lago Hillier, no Arquipélago de Recherche, pertencente à Austrália, destaca-se pela cor rosada. Não existe apenas uma explicação científica, pensado-se que seja uma combinação de fatores: a falta de nutrientes, muito sal e a presença de Dunaliella Salina, uma microalga que liberta betacaroteno.

Veja também: 5 parques de diversões na Europa para levar a família

No contacto com a luz solar, essa substância tornará a água cor-de-rosa. Outra possibilidade é a proliferação da bactéria Salinibacter Ruber, que produz bacterioruberina, com coloração rosa.

Penitentes (Cordilheira dos Andes)

Na Cordilheira dos Andes é possível encontrar penitentes, ou seja, formações de neve a altas altitudes, sob a forma de lâminas alongadas. Em 1839, Charles Darwin já falava sobre este fenómeno, acreditando que eles surgiram por causa dos fortes ventos dos Andes. Estes picos de neve crescem em altitudes a partir dos 4 mil metros.

Salar de Uyuni (Bolívia)

Salar de Uyuni é o maior e mais alto deserto de sal do mundo, com 10.582 quilómetros quadrados e a 3.656 metros acima do nível médio do mar. Está localizado nos departamentos de Potosí e Oruro, no sudoeste da Bolívia, perto da borda da Cordilheira dos Andes. Este fenómeno formou-se como resultado de transformações entre diversos lagos pré-históricos. Este é o único ponto natural brilhante que pode ser visto do espaço.

Percorra a galeria e veja fotos destes fenómenos naturais.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
André Cruz Martins

03-10-2019



RELACIONADOS