Teresa Uhlfelder: “Gosto de me gabar que tenho três passaportes”

Teresa Uhlfelder: “Gosto de me gabar que tenho três passaportes”

Galerias

Teresa Uhlfelder: “Gosto de me gabar que tenho três passaportes”

Teresa Uhlfelder tem 23 anos, é do Porto, vive atualmente em Lisboa e no futuro quer ter o seu próprio negócio. Sempre que pode, marca presença nas bancadas do Dragão para ver o FC Porto e no último Halloween maquilhou cerca de 10 pessoas com efeitos especiais.

Artigo de Equipa Paraeles

03-12-2018

Toda a gente irá concordar se dissermos que Portugal tem muitos encantos espalhados de norte a sul. Boa gastronomia, praias de enorme qualidade, uma oferta cultural acima da média, entre muitas outras coisas que fazem as delícias de quem cá mora e dos milhões de turistas que todos os anos visitam o nosso país.

O que tem também muito encanto é percorrer o feed do Instagram e constatar que está repleto de mulheres portuguesas que partilham diariamente imagens fantásticas – as quais merecem toda a nossa e sua atenção. E como não queremos que perca horas e horas a tentar encontrá-las no Instagram, basta que visite o nosso site para ver o que de melhor há nesta rede social.

Teresa Uhlfelder tem 23 anos, é do Porto, vive atualmente em Lisboa e no futuro quer ter o seu próprio negócio. Sempre que pode, marca presença nas bancadas do Dragão para ver o FC Porto e no último Halloween maquilhou cerca de 10 pessoas com efeitos especiais.

Olá, Teresa. Apresenta-te aos nossos leitores.
Sou a Teresa, tenho 23 anos, sou do Porto, mas vivo em Lisboa. Já vivi também em Paris e na Califórnia e tenho uma paixão por viajar, por isso, nunca paro quieta. Tirei Gestão de Marketing e trabalho na área. Neste momento, ando a pensar em começar a dedicar-me mais à parte dos eventos, pois é o que realmente adoro fazer, e já ando a estabelecer uns contactos para tornar esse ‘sonho’ realidade. No futuro, gostava de fazer o mestrado, ainda não sei bem em que área, ter a minha família e gerir a minha própria empresa de eventos.

Qual a origem desse teu apelido?
Bem, o meu avô materno é suíço-alemão, por isso acabei por ficar com dois apelidos estrangeiros: Huguenin (suíço) e Uhlfelder (alemão). Do lado paterno, tenho uma avó inglesa e, apesar de não ter mantido o apelido dela (West), fiquei com a nacionalidade. Quando nasci, ainda era permitido ter tripla nacionalidade, já os meus irmãos só conseguiram dupla. Gosto de me gabar que tenho três passaportes.

Como foi o teu verão?
Este ano tive um verão calmo, pois tinha duas cadeiras para fazer em Setembro e, por isso, não pude viajar, contrariamente aos outros dois verões nos quais estive pela Ásia. Fiquei pelo Algarve, onde tenho casa de férias, e foi ótimo na mesma. Passei tempo de qualidade com a família, coisa que valorizo muito e, estando a viver longe, nem sempre é possível.

“Quando nasci, ainda era permitido ter tripla nacionalidade”

 

E como é que são os teus biquínis?
Não tenho propriamente um ‘tipo’ de biquínis preferidos. Só não gosto de misturas de padrões nem biquínis cheios de folhos. Idealmente, um biquíni mais simples com padrão giro ou até de uma só cor. Triângulos é o feitio que mais gosto, de resto tenho de tudo, biquínis, triquínis, cai cai, de cruzar, ‘you name it’. Sou ligeiramente viciada.

Preferes praia ou piscina? 
Sem sombra de dúvida praia. Piscina só mesmo se não houver praia próxima ou se não tiver mesmo tempo de ir para a praia, mesmo assim, isso para mim quase não existe, um bom para-vento resolve tudo. Gosto de ter uma piscina para dar um mergulho ao final do dia, mas de resto praia 100%. Adoro o mar, a areia e tudo que a praia tem para dar.

Falemos de viagens.
É das coisas que mais gosto de fazer e tenho muita sorte porque a vida sempre me deu várias oportunidades para o fazer. Desde pequenina, sempre viajei muito, tanto com a família, como com o meu namorado nos últimos anos.
Gosto de todos os tipos de viagem: culturais, destinos de praia, neve e até mesmo só passar fins de semana fora em cidades da Europa. Não consigo nomear todos os locais que visitei, mas nos últimos dois anos fui duas vezes à Tailândia, uma vez a Bali, Punta Cana, a várias capitais europeias e viajei pelos Estados Unidos. Adorei todos, não consigo escolher um preferido pois cada um teve o seu encanto. Há um ano passei os meus 22 anos em Las Vegas com o meu namorado e uns amigos e foi espetacular, desde o road trip de Los Angeles até lá, como tudo naquela cidade. Adoro-a.

“Passei os meus 22 anos em Las Vegas e foi espetacular”

 

Que viagem queres fazer nos próximos tempos?
Na passagem de ano vou viajar mais ainda não escolhemos o destino. Está entre Brasil, México e Miami. Mas assim viajem grande estou a planear no próximo ano algo tipo Malásia e Filipinas. Um ‘’mochilão’’ pela América Central/Sul também está nos meus planos para os próximos anos. Mas sem a parte de acampar, pois não me identifico muito.

Mudando de assunto, qual é o teu tipo de música?
Gosto de quase todos os estilos musicais por isso não posso eleger nenhum em específico. Era fã numero 1 da Amy Winehouse, por isso, e apesar do concerto ter sido uma desgraça, foi muito especial para mim. Ultimamente ando a gostar de ouvir música brasileira e playlists lounge/sunset.

E sobre futebol, o que tens para nos contar?
Gosto muito! Sou do FC Porto, claro, e sempre que tenho oportunidade vou ao estádio. Depois da família e amigos é das coisas que tenho saudades de viver no Porto. O meu pai e irmão é que estão lá sempre.

Quais são os teus jogadores preferidos?
Muito cliché dizer Cristiano Ronaldo? Gosto imenso dele como jogador e por aquilo que simboliza para o nosso País. Adoro o Antoine Griezmann, mas não tenho propriamente uma explicação para isso. Da minha equipa, escolho o Casillas, Marega, Felipe e Óliver.

“Sou do FC Porto e sempre que tenho oportunidade vou ao estádio”

 

Praticaste algum desporto? 
Passei por vários desportos e atividades, desde a dança à natação, passando pelo futebol, basquetebol e kickboxing, mas o único que realmente pratiquei a sério foi ténis. O meu padrinho tem uma escola e toda a minha família joga. Até aos meus 14/15 anos praticava regularmente, participava em torneios e adorava. Hoje em dia ainda jogo pontualmente com o meu pai e irmãos.

Desporto de lado, o que gostas mais no teu corpo?
Acho que talvez os meus olhos.

Partilha aí algum piropo bizarro que tens recebido.
Recentemente, recebi um poema personalizado e no fim um pedido para lhe dar uma hipótese e que seria a mulher mais feliz do mundo. Ainda me ri um bocado, mas claro que foi ignorado.

Quais são os teus hobbies preferidos?
Viajar. Adoro estar com a família e o meu namorado é sempre uma prioridade para mim. Adoro maquilhar outras pessoas e, ainda agora, no Halloween, maquilhei quase 10 pessoas com efeitos especiais! Gosto imenso de cantar e gravar músicas, apesar de nunca as partilhar em lado nenhum.

“No Halloween maquilhei quase 10 pessoas com efeitos especiais”

 

O que andas a ver na televisão?
Acabei de ver ELITE e estou nos últimos episódios de Insaciável. Recomecei agora a ver Shameless.

O que fazes para estar em forma?
Tenho um regime alimentar super restrito e treino todos os dias. Faço refeição da asneira uma vez por semana.

Costumas fazer muitas sessões fotográficas? 
Não tenho muito hábito disso, às vezes faço para marcas que represento mas quase todas as ‘’sessões’’ que faço são com a minha irmã, mãe e amigas para alimentar o Instagram. Os convites são maioritariamente feitos pelo Instagram, mas muitos recuso, porque querem algo mais provocante e isso não se enquadra no meu perfil.

Qual é a tua foto preferida no Instagram?

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Teresa (@teresuhlfelder) a


Recentemente, acho que é esta. porque foi tirada pela minha irmã em Bali, num hotel lindo onde ficámos hospedadas.

E qual é o tipo de foto que os teus seguidores mais gostam?
Infelizmente, e sendo que os meus seguidores são maioritariamente masculinos, as de biquíni são as que acabam por ter mais likes. Mas faço um esforço para o meu Instagram não ser tão focado em mim e alterno com fotografias de paisagens ou padrões. Adoro partilhar os meus outfits.

“Faço um esforço para o meu Instagram não ser tão focado em mim”

 

O que é que os teus amigos e namorado acham das fotos que partilhas?
As fotografias de biquíni são sempre mais alvo de crítica por parte dos membros masculinos da família. Mas a minha mãe e irmã são as minhas principais fotógrafas. As minhas amigas brincam comigo e chamam-me ‘blogger’’, mas são sempre as primeiras a comentar e a meter like. Apoiam sempre e ajudam-me a escolher as fotografias que devo ou não publicar.

E quanto tempo demoras, depois de acordares, até ires dar uma espreitadela no feed do Instagram?
É quase direto. Tenho uma ordem. Primeiro, whatsapp, depois, instagram e, se tiver notificações, dou um saltinho ao Facebook.

E qual é a última coisa que fazes antes de adormecer?
Tento sempre ler ou fazer algo sem ecrãs, pois os ecrãs perturbam o sono. Neste momento, estou a ler dois livros, um em inglês outro em português.

Ainda não segue a Teresa no Instagram? Então não sabe o que anda a perder.

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

03-12-2018



RELACIONADOS