Neuza Rodrigues: “Em ambiente de trabalho, pareço uma ‘nerd’. À noite, uma ‘party girl'”

Neuza Rodrigues: “Em ambiente de trabalho, pareço uma ‘nerd’. À noite, uma ‘party girl'”

Galerias

Neuza Rodrigues: “Em ambiente de trabalho, pareço uma ‘nerd’. À noite, uma ‘party girl'”

Neuza Rodrigues tem 31 anos, vive na Maia e passou os últimos 26 anos a dançar. Anda a contar os dias que faltam para conhecer Los Angeles, bola passa-lhe ao lado, mas já namorou com um futebolista, e revela que parece uma “nerd” durante o dia e uma “party girl” à noite. Ah, e homens sem inteligência provocam-lhe tédio.

Artigo de Equipa Paraeles

14-09-2018

Toda a gente irá concordar se dissermos que Portugal tem muitos encantos espalhados de norte a sul. Boa gastronomia, praias de enorme qualidade, uma oferta cultural acima da média, entre muitas outras coisas que fazem as delícias de quem cá mora e dos milhões de turistas que todos os anos visitam o nosso país.

O que tem também muito encanto é percorrer o feed do Instagram e constatar que está repleto de mulheres portuguesas que partilham diariamente imagens fantásticas – as quais merecem toda a nossa e sua atenção. E como não queremos que perca horas e horas a tentar encontrá-las no Instagram, basta que visite o nosso site para ver o que de melhor há nesta rede social.

Neuza Rodrigues tem 31 anos, vive na Maia e passou os últimos 26 anos a dançar. Anda a contar os dias que faltam para conhecer Los Angeles, bola passa-lhe ao lado, mas já namorou com um futebolista, e revela que parece uma “nerd” durante o dia e uma “party girl” à noite. Ah, e homens sem inteligência provocam-lhe tédio.

Olá, Neuza.  Apresenta-te aos nossos leitores.
Sou a Neuza Rodrigues, mas sou mais conhecida por Né. Tenho 31 anos e vivo na Maia.

O que fazes profissionalmente?
Tirei o curso de Jornalismo e Ciências da Comunicação e especializei-me em Assessoria. Paralelamente, fiz várias formações de dança e de moda, incluindo um curso de Fashion Advisor. Neste momento, sou professora de dança (tenho a minha escola Killer crew e trabalho com outras, como coreógrafa) e assessora de comunicação no Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Maia. Se tivesse o privilégio de escolher, gostaria de ser jornalista numa revista de moda ou responsável pela comunicação de uma marca de moda. Basicamente, unir o gosto pela moda e pela comunicação, como faço no meu blog nerodrigues.com.

Costumas viajar?
Viajar é sempre a minha prioridade. Adoro e realmente é algo que me transforma. Recentemente, estive em Punta Cana e adorei a maneira calma “despacito” das pessoas. Pouco stress, muito convívio… extremamente longe da realidade europeia em que vivemos. Se pudesse escolher onde viver tenho a certeza que seria em Los Angeles. Mas uma vez que só vou conhecer a Califórnia em 2019 a minha cidade preferida que conheço é Barcelona. Muita arte, muita liberdade, boas tapas (não resisto) e ambiente de praia – perfeição!

Que viagem queres fazer nos próximos tempos e porquê?
Ora, como disse a Califórnia, para conhecer Los Angeles e viver a experiência da Coachella. Entretanto, Nova Iorque pela moda e Jamaica pela dança também estão na lista. Tenho aquele medo de chegar a Los Angeles e rever-me de tal maneira que perco o avião para casa e logo se vê (sonhar não custa)!

“Tenho aquele medo de chegar a Los Angeles e, rever-me de tal maneira, que perco o avião para casa”

Falemos de música.
Eu sou a rapariga Pop: Britney, Justin, Pussycat, entre outros, fizeram a minha adolescência. Hoje em dia vou seguindo os novos artistas mais comerciais e tenho andado obcecada por Cardi B, J Balvin e Demi Lovato. E a nova música da Janet Jackson? Estou apaixonada! Melhor concerto tenho de dizer Jennifer Lopez em Lisboa… aquela mulher não tem explicação.

E costumas ir a festivais? 
Adorei dois Rock in Rio. O primeiro em que vi a Britney Spears e os Black Eyed Peas foi extremamente marcante conhecer finalmente a minha artista preferida de infância. E o último, deste ano, porque adorei o concerto da Anitta e do Bruno Mars. Não contem a ninguém mas estive metade do concerto a chorar. O Zee Festival também foi super giro e a Blaya esteve brutal. Adoro o ambiente descontraído dos festivais e adoro poder vestir-me e maquilhar-me num estilo “festival season”.

“Não contem a ninguém, mas estive metade do concerto a chorar”

Gostas de futebol? 
É agora que eu perco metade dos meus seguidores (risos). Não gosto mesmo de futebol – posso ver um jogo entre amigos, mas não sigo a modalidade. Sou do FC Porto sob a ameaça de morte da minha prima Tânia (ela sim, seria óptima nesta pergunta) e estive sempre no estádio como dançarina ou animadora, nunca para assistir no público.

Quais são os teus jogadores preferidos? 
Sinceramente, o meu jogador preferido é o que namorei durante 6 meses. Bom namoro, excluindo a parte em que falava de futebol (se estiveres a ler, desculpa)!

Praticas ou praticaste algum desporto? 
Dança nos últimos 26 anos – noutras escolas e, entretanto, nas que eu própria criei. Também gosto bastante de ginásio e tento ir sempre que consigo.

“O meu jogador preferido é o que namorei durante 6 meses”

E o que gostas mais no teu corpo?
As pernas, por serem muito altas, e os lábios, porque está na moda o botox, e eles são assim sem botox.

O que aprecias mais num homem?
A inteligência. Já namorei com gente sem esta característica e morria de tédio. Também valorizo a empatia – a maneira como alguém trata e percebe os outros diz-me tudo.

E o que é que os homens mais gostam em ti?
A minha complexidade! Se me conhecem em ambiente de trabalho, pareço uma nerd; se em ambiente de moda, uma blogger; se em ambiente de dança, uma desportista; se em ambiente de noite, uma “party girl”. Não dá para se aborrecerem perto de mim.

“Já namorei com gente sem esta característica [inteligência] e morria de tédio”

Mudando de assunto. Como é que são os teus biquínis?
Sinceramente, sendo uma influencer, uso o que estiver trendy nesse ano.

E preferes praia ou piscina?
Praia, em países com o mar quentinho: porque faz melhor, porque me relaxa mais, porque fico mais morena.
Em Portugal, definitivamente piscina, porque tenho uma relação de muito ódio com o frio.

Qual o piropo mais estranho que já recebeste?
‘És religiosa? É que tens um cu que valha-me Deus’. Muito mau, mesmo (risos).

Como ocupas o teu tempo livre?
Livros, música e cinema – fica fácil perceber porque trabalho em Cultura, certo?

“Se me conhecem em ambiente de trabalho, pareço uma nerd”

E quais as tuas séries e filmes preferidos?
Comédias. Friends, Californication e Gossip Girl estão sempre presentes. Filmes como “O Diabo veste Prada” e “Crazy Stupid Love” também. No último ano penso que o melhor filme que vi foi o LaLaLand e gostei imenso do recente Mamma Mia.

O que fazes para estar em forma?
Danço. É mesmo a minha única resposta, uma vez que, para mal dos meus pecados, adoro comer.

Costumas fazer muitas sessões fotográficas?
Sim, imensas. Inicialmente, fazia relacionadas com a minha profissão na dança e surgiam para trabalhos artísticos. Hoje em dia tenho o meu fotógrafo de moda, que me acompanha nos eventos e me faz as sessões semanais, o DiogoCC FotoVideo. Por vezes, surgem convites para sessões através do Instagram.

Qual é a tua foto preferida no Instagram?

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Né Rodrigues ? Influencer (@ne_rodrigues_) a


Adoro a minha foto de rosto com baton vermelho, porque foi tirada completamente sem querer. O fotógrafo disse-me: ‘vira-te para testarmos a luz’. Virei-me e fiz beicinho a gozar com ele e ficou a minha foto preferida. Também gosto muito da minha foto na lavandaria por estar rodeada da mesma espontaneidade. Eu e o meu grupo de amigos estávamos a caminho de um restaurante para jantar e eu disse: ‘Está ali uma lavandaria gira… pára o carro’ – e pronto, sessão feita entre imensas pessoas que tentavam lavar a sua roupa.

“Virei-me e fiz beicinho a gozar com ele e ficou a minha foto preferida”

Qual é o tipo de foto que os teus seguidores mais gostam?
Previsivelmente, as de biquíni. Mas também já consegui perceber que preferem fotos em que conseguem ver a minha cara e gostam mais de sessões só comigo, em vez de em grupo.

E qual a mensagem mais caricata que já recebeste pelas redes sociais?
Realmente não consigo me lembrar da mais engraçada, mas a semana passada recebi uma mensagem que dizia ‘Queres tomar café? Eu pago’. Bem, não imaginam o tempo que me estive a rir, até que respondi ‘Se não pagasses eu dizia que não, mas por 0.80€ conta comigo!’ As pessoas são incríveis.

O que é que os teus amigos e namorado acham das fotos que partilhas?
Adoram. Todos me ajudam nas sessões e quase todos já estão treinados para fotógrafos. De vez em quando deixo as amigas participarem e é uma festa!

Quanto tempo demoras, depois de acordares, até ires dar uma espreitadela no feed do Instagram?
Admito que às vezes só entro no Instagram quando já cheguei ao trabalho. Quando acordo vou imediatamente ao meu email de blogger para verificar se chegou mais algum patrocínio ou algum convite. Não consigo evitar pensar sempre primeiro em trabalho.

E qual é a última coisa que fazes antes de adormecer?
Ver a aplicação da meteorologia. Sempre. Sou alérgica ao frio e por isso ando sempre em cima das temperaturas.

Ainda não segue a Neuza Rodrigues no Instagram? Então não sabe o que anda a perder.

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

14-09-2018



RELACIONADOS