Mariana Costa Veludo: “Futebol é uma paixão. Sou do Sporting e vou a todos os jogos em casa”

Mariana Costa Veludo: “Futebol é uma paixão. Sou do Sporting e vou a todos os jogos em casa”

Galerias

Mariana Costa Veludo: “Futebol é uma paixão. Sou do Sporting e vou a todos os jogos em casa”

Mariana Costa Veludo tem 29 anos, trabalha em comunicação e marketing e assume o seu grande amor pelo Sporting, ao mesmo tempo que arrasa Bruno de Carvalho. Ficámos ainda a saber que vai passar o verão a trabalhar no Algarve, que adora tatuagens, mas não lhe falem em andar de avião. 

Artigo de Equipa Paraeles

20-07-2018

Toda a gente irá concordar se dissermos que Portugal tem muitos encantos espalhados de norte a sul. Boa gastronomia, praias de enorme qualidade, uma oferta cultural acima da média, entre muitas outras coisas que fazem as delícias de quem cá mora e dos milhões de turistas que todos os anos visitam o nosso país.

O que tem também muito encanto é percorrer o feed do Instagram e constatar que está repleto de mulheres portuguesas que partilham diariamente imagens fantásticas – as quais merecem toda a nossa e sua atenção. E como não queremos que perca horas e horas a tentar encontrá-las no Instagram, basta que visite o nosso site para ver o que de melhor há nesta rede social.

Mariana Costa Veludo tem 29 anos, trabalha em comunicação e marketing, assume o seu grande amor pelo Sporting, ao mesmo tempo que arrasa Bruno de Carvalho. Ficámos ainda a saber que vai passar o verão a trabalhar no Algarve, que adora tatuagens, mas não lhe falem em andar de avião.

Olá, Mariana. Apresenta-te aos nossos leitores.
Vivo em Lisboa, tenho 29 anos (este número ainda assusta!) e trabalho em Comunicação e Marketing no Float in.

Tiraste algum curso? E o que gostavas de fazer no futuro a nível profissional?
Tirei Ciências da Comunicação, com especialização em Jornalismo, e posteriormente fiz uma pós graduação em Consultoria de Imagem. No futuro sem dúvida que me continuo a ver ligada à comunicação e marketing, na vertente empresa/marca. A imprensa, por si, só me veria ligada ao lifestyle, e na vertente escrita, mas não surge como primeira opção.

É impossível não reparar nas tuas tatuagens.
O gosto vem de miúda, sempre achei curiosa a arte de tatuar. Via o Miami Ink e o LA Ink e, sempre que ia à minha esteticista, que curiosamente adora essa arte, fazia-lhe mil perguntas sobre isto. Na altura achava era que nunca teria tantas, aliás, pensava mesmo que quando fizesse alguma seria bem escondida e pequenina. O certo também é que, se recuarmos a 2007, quando a paixão começou a ser maior, não era ainda tão usual vermos pessoas tatuadas e o preconceito era maior.

Quantas tens?
Essa pergunta não é fácil de responder. Supostamente 5, contando a parte de cima do braço como um todo. E, no futuro, possivelmente o braço direito será para fechar na totalidade.

O que te leva a fazer uma nova tatuagem? 
Todas elas têm um significado, nenhuma é por um acaso. Representam pessoas, ideais de vida, conceitos.

Já te arrependeste de alguma que tenhas feito?
Não.

E preferes homens tatuados ou sem?
Não é condição necessária, mas sem duvida com.

“Todas as tatuagens têm um significado, nenhuma é por acaso”

Mudemos de assunto. Costumas viajar?
Sou uma maricas no que toca a aviões. Aliás, acho que era um dos maiores desgostos dos meus pais porque não os acompanhava nas viagens quando era miúda. Mas gosto aqui do país vizinho, ao contrário de muitos portugueses.

Mas não há nenhuma viagem pensada para os próximos tempos?
Está prometida uma ida a Ibiza, com uma das minhas melhores amigas, por isso, acho que essa é mesmo a mais certa dos próximos tempos.

Falemos de música.
Gosto um pouco de tudo, mas R&B talvez seja o que mais mexe comigo. Alicia Keys é a minha cantora favorita e depois também gosto imenso de The Weeknd.

Algum concerto memorável?
Quanto ao melhor concerto, não consigo definir um melhor. Pela Alicia ser a minha cantora favorita, os dela para mim são sempre geniais. Mas o que mais me marcou foi sem dúvida o primeiro a que fui, o dos BackStreet Boys, em Cascais. Tinha 8 anos e o meu pai levou-me!

“Futebol é uma paixão. Sou do Sporting e vou a todos os jogos em casa”

Vem aí mais uma época de futebol. Gostas de bola?
Adoro! Futebol é uma paixão de pequenina, mesmo. Sou do Sporting e vou ao estádio sempre que joga em casa.

Quais são os teus jogadores preferidos?
O Rui Patrício é o meu jogador favorito, não sei explicar concretamente porquê, até pela posição inglória que tem. Gosto da postura dele e sempre achei que um dia se afirmaria como um guarda redes de nível mundial. Acho que o Euro 2016 deu-lhe de vez esse patamar. Depois gosto imenso do Cristiano Ronaldo, do Coates e do Bryan Ruiz. O Bruno Fernandes é outro dos jogadores que tem vindo a subir para o leque dos favoritos.

Como é que viste a crise que assolou o teu clube nos últimos meses?
Aquela que ainda custa a acreditar e que só terei noção total que é real quando for o primeiro jogo da época?! Não consigo ter palavras para o que aconteceu, é de uma tristeza tamanha.

“Bruno de Carvalho era um populista, ali muito perto do que é um ditador”

E que opinião tens de Bruno de Carvalho?
No início gostava, aliás, acho que fez coisas boas pelo clube. Mas exagerou, falou demais e meteu-se onde não devia. Confundiu-se com o Sporting e usou o poder de uma forma que não pode ser. Se passarmos para o lado da política Bruno de Carvalho era um populista, ali muito perto do que é um ditador.

Que impacto é que isto vai ter na próxima época? 
O impacto já é notório. Perdemos jogadores muito importantes, uma equipa quase. Mas o trabalho que já está a ser feito é bom e acredito que com calma, paciência e muita união tudo será ultrapassado e o título não tem de ser impossível.

Deixemos a bola. O que gostas mais no teu corpo?
Odeio falar de mim. Mas os olhos, sem dúvida.

O que gostas mais num homem?
O olhar e o sorriso… as pernas e as costas (risos).

E eles em ti?
Não sei… acho que isso varia do gosto de cada um.

“Odeio falar de mim. Mas os olhos, sem dúvida”

Como este calor todo, como é que são os teus biquínis?
Na verdade, ultimamente, ando mais rendida aos fatos de banho. Mas tanto biquínis como fatos de banho são predominantemente pretos.

Preferes praia ou piscina? 
Praia, sem dúvida. Sou apaixonada pelo mar, e adora a energia que me transmite.

E como é que vai ser o teu verão?
Este ano aceitei um desafio diferente, vou estar no projeto do Bliss, na equipa verde. Por isso, o meu verão vai ser em Vilamoura: à noite pelo Bliss, à tarde pela praia a aproveitar o sol e os sunsets, claro.

Qual o piropo mais engraçado que já recebeste?
Acho que não há nenhum em particular, mas há sempre aquele típico das meninas do Sporting serem as mais giras quando há jogos de futebol.

E quais são os teus hobbies preferidos?
Ir ao futebol, fazer desporto, ir à descoberta de novos sítios para comer (a gula é aquele pecado capital!) e tirar tempo para estar com as melhores amigas.

O que fazes para manter a linha?
Faço ginásio. Andava meia preguiçosa mas voltei agora ao ativo. Treino com um personal trainer uma vez por semana, tento fazer cycling pelo menos duas vezes semanais e ainda mais um treino de força.

Qual é a tua foto preferida no Instagram?


Talvez esta, pelo sítio em si, que gosto, e pelos dias que lá passei com uma das minhas melhores amigas.

Qual é o tipo de foto que os teus seguidores mais gostam?
Acho que são as fotos ligeiramente reveladoras (risos).

Recebes muitas mensagens estranhas no Instagram?
Bem, há sempre aquelas mensagens do ‘casava contigo’, meias tontas! Mas a mais estranha, sem dúvida, foi uma pessoa que me perguntou se queria ir às compras com ela porque era gira.

“Uma pessoa perguntou-me se queria ir às compras com ela porque era gira”

E o que é que os teus amigos acham das fotos que partilhas?
Depende. Normalmente, as amigas ajudam a escolher a foto, enquanto os amigos por vezes mandam piadas venenosas (risos). Mas claro, num contexto de brincadeira.

Quem é que costuma tirar as fotografias que tens no Instagram?
Não é sempre a mesma pessoa, mas atrevo-me a dizer que a maioria é uma das minhas melhores amigas, a Li.

Quanto tempo demoras, depois de acordares, até ires dar uma espreitadela no feed do Instagram?
Bem, é das primeiras coisas a meter em dia ao acordar (risos). Mas é mesmo só dar um check ao acordar. Depois é só a caminho do trabalho com mais calma, isto em dias normais.

E qual é a última coisa que fazes antes de adormecer?
Dar um check nas redes sociais… esta era a parte que dizia ‘I plead guilty’.

Ainda não segue a Mariana Costa Veludo no Instagram? Então não sabe o que anda a perder.

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

20-07-2018



RELACIONADOS