Emilia Clarke incentivada a ficar nua por amor aos fãs

Emilia Clarke incentivada a ficar nua por amor aos fãs

Fama

Emilia Clarke incentivada a ficar nua por amor aos fãs

A atriz que deu a vida a Daenerys em A Guerra dos Tronos, Emilia Clarke, revelou em entrevista que foi incentivada a fazer cenas de nudez para não desiludir os fãs.

Artigo de Equipa Paraeles

20-11-2019

Para tristeza de muitos fãs da atriz e da série da HBO, Emilia Clarke recusou despir-se por completo ao interpretar Daenerys Targaryen em A Guerra dos Tronos. Isto apesar de ter sido incentivada a protagonizar este tipo de cenas “para não desiludir os fãs”. A revelação foi feita pela própria em entrevista no podcast “Armchair Expert”, com Dax Shepard.

“Aceitei o trabalho e eles enviaram-me os guiões. Lia-os e ficava, tipo: ‘Oh, aí está o problema’. Mas eu vinha da escola de teatro e encarava tudo como um trabalho… se estava no guião, então era claramente necessário. Era aquilo que que ia fazer. E ia correr tudo bem”, conta.

Leia ainda: “Daenerys” quer ser a primeira mulher a assumir o papel de James Bond

Ainda assim, a atriz revelou algumas discussões no set de gravações. “Antes, tinha zangas nas gravações em que dizia, tipo: ‘Não, o lençol fica em cima’. E eles diziam qualquer coisa, como: ‘Não queres desapontar os teus fãs de ‘A Guerra dos Tronos’.’ E eu dizia: ‘Vão à m****'”.

Emilia Clarke revelou ainda alguns momentos mais complicados durante o período em que esteve a gravar a série da HBO, mais concretamente na primeira temporada. “Independentemente de haver nudez, passei a primeira temporada a achar que não era digna de precisar de nada… O que quer que estivesse a sentir de mal, ia chorar à casa de banho, depois voltava, tornava a fazer a cena e ficava tudo bem”, revelou.

Veja o vídeo:

Emilia Clarke confessa ter sofrido dois aneurismas durante gravações de “A Guerra dos Tronos”

 A poucas semanas da estreia da última temporada de A Guerra dos Tronos, Emilia Clarke fez uma confissão surpreendente. A atriz escreveu um longo texto, publicado na revista The New Yorker, em que revela ter sofrido dois aneurismas durante as gravações da série que lhe deu fama mundial.O primeiro aconteceu depois do final das gravações da primeira temporada. Emilia Clarke revela que se sentiu mal, em fevereiro de 2011, quando estava a treinar com o seu personal trainer e numa altura em que o primeiro episódio da série ainda não tinha sido emitido. “Um nevoeiro de inconsciência tomou conta de mim. De uma ambulância fui levada numa maca para um corredor impregnado do cheiro a desinfetante e de barulhos de pessoas aflitas. Porque ninguém sabia o que se passava comigo, os médicos e as enfermeiras não me deram quaisquer drogas para aliviar a dor”, revela.

“Pedi aos médicos para me deixarem morrer”

Emilia Clarke explica que lhe foi diagnosticada uma hemorragia subaracnóidea. “Um tipo de acidente vascular cerebral causado pela hemorragia no espaço ao redor do cérebro”, explica. “Eu tive um aneurisma, uma rutura arterial”, acrescenta. A recuperação foi longa e a atriz chegou a sofrer de afasia durante uma semana, condição que se traduz na dificuldade em expressar palavras. “Nos piores momentos quis desistir de tudo. Pedi aos médicos para me deixarem morrer”, partilha.

As gravações da segunda temporada não foram fáceis. “Depois do meu primeiro dia de filmagens, mal consegui chegar ao hotel antes de colapsar de exaustão”, conta. Em 2013, novo problema de saúde. Emilia Clarke fez exames de rotina que revelaram a necessidade de uma segunda operação. Foi transmitido à atriz que seria um procedimento mais simples do que o primeiro, algo que não se verificou. “O procedimento tinha falhado. Tinha uma enorme hemorragia e os médicos deixaram claro que as minhas hipóteses de sobrevivência eram precárias se não operassem mais uma vez”, desabafa.

Veja também: Black Adam, o primeiro papel de super-herói de Dwayne Johnson

“Pedaços do meu crânio foram substituídos por titânio. Hoje não dá para ver a cicatriz que vai do meu couro cabeludo até ao ouvido, mas na altura eu não sabia que não ia ser visível. Acima de tudo, havia a preocupação constante com perdas cognitivas ou sensoriais”, prossegue. A recuperação voltou a ser complicada, com a atriz a sofrer ainda de ataque de pânico. Pouco tempo depois da segunda operação, Emilia Clarke fez questão de estar presente na Comic-Con, em San Diego, para não desiludir ao fãs da série.

Percorra a galeria e veja as melhores imagens de Emilia Clarke.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

20-11-2019



RELACIONADOS