Budapeste recebe os ases dos ares

Budapeste recebe os ases dos ares

Desporto

Budapeste recebe os ases dos ares

Considerada o berço do mundial de corridas aéreas, a capital húngara assinala o meio da temporada do Red Bull Air Race World Championship com dois pilotos empatados no comando.

Artigo de Equipa Paraeles

20-06-2018

Com três etapas já cumpridas, a Red Bull Air Race World Championship viaja no próximo fim de semana (23 e 24 de junho) até Budapeste. Considerada o berço do mundial de corridas aéreas, a capital húngara assinala o meio da temporada com dois pilotos empatados no comando. O australiano Matt Hall e o norte-americano Michael Goulian prometem um duelo intenso sobre as águas do Danúbio, numa jornada que assinala também o regresso à ação dos Challengers.

Budapeste está intimamente relacionada com a história da própria Red Bull Air Race World Championship, recebendo desde 2004 uma das mais emblemáticas corridas do calendário. No próximo fim de semana (23 e 24 de junho), as águas do Danúbio em pleno centro da capital húngara voltam a receber toda a ação da mais importante competição de desporto aéreo da atualidade.

Red Bull Air Race World Championship viaja até Budapeste

Assinalando o meio da temporada, com três etapas já disputadas em cenários tão variados como Abu Dhabi (Emiratos Árabes Unidos), Cannes (França) e Chiba (Japão), Budapeste promete um intenso duelo pela liderança do campeonato. Vencedor das duas últimas corridas, o australiano Matt Hall é sem dúvida um dos mais fortes candidatos ao título de 2018, regressando assim ao seu melhor nível depois de uma temporada de aprendizagem dedicada sobretudo à evolução do seu novo avião. Embora parta no comando da tabela, Hall soma precisamente o mesmo número de pontos do norte-americano Michael Goulian, que é já considerado a grande revelação do ano, depois de uma década com prestações quase sempre abaixo do meio da tabela.

Hall e Goulian são neste momento a referência a bater

Com uma margem confortável de 17 pontos, Hall e Goulian são neste momento a referência a bater. No entanto, com cinco etapas por cumprir, a época está ainda longe do fim, o que pode alimentar a esperança dos atuais Campeão e Vice-Campeão do Mundo – o japonês Yoshihide Muroya e o checo Martin Šonka.

O percurso desta etapa apresenta caraterísticas únicas, com destaque para o arranque do traçado logo após a passagem por baixo da emblemática ponte das correntes. Destaque também para o regresso à ação da classe de promoção aberta aos novos talentos – a Challenger Class – onde se inclui a primeira mulher a competir na Red Bull Air Race, a francesa Mélanie Astles.

Toda a ação em Budapeste pode ser acompanhada em direto em www.redbullairrace.com.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

20-06-2018



RELACIONADOS