Quintero, de flop no Porto a jogador do outro mundo que só sabe marcar grandes golos no River Plate

Quintero, de flop no Porto a jogador do outro mundo que só sabe marcar grandes golos no River Plate

Desporto

Quintero, de flop no Porto a jogador do outro mundo que só sabe marcar grandes golos no River Plate

Jogador colombiano que passou pelo futebol português sem nunca se afirmar, é uma das grandes estrelas do River Plate.

Artigo de Bruno Seruca

11-02-2019

Foi no verão de 2013 que o Futebol Clube do Porto comprou Juan Quintero aos italianos do Pescara. Contratado a troco de 10 milhões de euros, o médio colombiano chegava rotulado de craque. Mas o jogador, hoje com 26 anos, nunca se conseguiu afirmar com a camisola azul e branca. Em 2015 é emprestado ao Rennes, em 2017 ao Independiente de Medellín e no ano seguinte ao River Plate. Que depois de pagar 500 mil euros pelo empréstimo do jogador, despendeu de mais 3,2 milhões de euros para ficar com Quintero a título definitivo. E se por cá foi visto como um flop, na Argentina é rotulado de jogador do outro mundo que só sabe marcar grandes golos.

 

 

Juan Quintero é neste momento uma das grandes figuras do histórico clube argentino. No último jogo a contar para o campeonato local, o médio marcou um dos golos com que o River derrotou o Racing. Na marcação de um livre direto, Quintero marcou um golo daqueles capazes de levantar o estádio.

 

 

E este foi apenas mais um. Pois na memória dos adeptos do River Plate ainda está bem presente o golo que Quintero marcou no jogo da segunda-mão da final da polémica Taça Libertadores. O golo do ex-Porto foi mesmo decisivo para a conquista da competição sul-americana mais importante a nível de clubes.

Venda de Quintero foi criticada por adeptos portistas

As boas exibições no River Plate levaram o clube argentino a investir um valor muito baixo para comprar o passe de Quintero. Avaliado em 9 milhões de euros, o colombiano foi comprado por 4 milhões (valor que já contempla o empréstimo). Este valor, a ser pago em duas prestações, levou vários adeptos portistas a criticarem um negócio que consideram ruinoso tendo em conta o valor e qualidade de Juan Quintero.

Ao serviço do Porto, Quintero participou em 64 jogos, tendo marcado sete golos e feito 11 assistências. De azul e branco conquistou apenas uma Supertaça Cândido de Oliveira. Com Paulo Fonseca participou em 19 jogos. Com Luís Castro , que dividiu a época com Paulo Fonseca, foram 15. Julen Lopetegui foi quem mais apostou no colombiano. Sob comando do treinador espanhol participou em 30 jogos.

Fotos: Reprodução Instagram

Artigo de
Bruno Seruca

11-02-2019



RELACIONADOS