Luiz Filipe festeja vitória nas costas de adversário, é expulso e acaba jogo em lágrimas

Luiz Filipe festeja vitória nas costas de adversário, é expulso e acaba jogo em lágrimas

Desporto

Luiz Filipe festeja vitória nas costas de adversário, é expulso e acaba jogo em lágrimas

Num momento de euforia Luiz Filipe saltou para as costas do amigo (e agora adversário) Joaquín Correa e gerou-se uma enorme confusão.

Artigo de Bruno Seruca

18-10-2021

A Lazio conseguiu derrotar o Inter e a vitória no jogo com o atual campeão deveria ser motivo de euforia para a equipa. Só que tudo isto perde protagonismo para um episódio que ocorreu depois do apito final do árbitro. É aqui que entra Luiz Filipe, defesa centra da Lazio. Que decidiu festejar a vitória a saltar para as costas de um jogador da equipa adversária. Instalou-se a confusão e o jogador acabou expulso e abandonou o campo em lágrimas.

Leia ainda: William Ribeiro agride árbitro, é detido em campo e acaba despedido

Este acontecimento caricato merece uma explicação. É que Luiz Filipe saltou para as costas de Joaquín Correa, que é um dos reforços do Inter para esta época. E que na última temporada defendeu as cores da Lazio, sendo grande amigo de Luiz Filipe. Só que naquele momento nada disso importou. Tanto para Correa, que sacudiu o jogador das costas, como para os jogadores da equipa derrotada ou mesmo para a equipa de arbitragem.

“Tenho um grande respeito pelo Inter”

A polémica levou mesmo Luiz Filipe a reagir nas redes sociais, nas quais partilhou muitas imagens ao lado do antigo colega de equipa. “Gostaria de esclarecer que tenho um grande respeito pelo Inter ou por qualquer outro tudo. Somos todos profissionais, trabalhamos para perseguir os nossos objetivos e nunca deixaríamos de respeitar outro profissional”, desabafa no Instagram. “No final da partida acabei por pular para o ombro do Tucu porque ele é um dos grandes amigos que o futebol me deu (…) Talvez, em retrospetiva, não tenha sido a melhor hora ou o lugar mais adequado. Peço desculpa a quem se ofendeu e esclareço que não tentei, de forma alguma, ser desrespeitoso para com ele, com outros atletas”, refere num longo texto.

Caso semelhante com Deco e Jorge Andrade

Em 2004 aconteceu algo semelhante no Estádio do Dragão. Porto e Deportivo da Corunha defrontavam-se para as meias-finais da Liga dos Campeões. Numa altura em que Deco estava no relvado, Jorge Andrade deu um pequeno pontapé no antigo colega de equipa. Como se fosse para levantá-lo. O árbitro não teve qualquer consideração pela amizade de ambos e acabou por expulsar o jogador português.

Fotos: Reprodução Instagram

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Bruno Seruca

18-10-2021



RELACIONADOS