Criador de Sopranos acaba acidentalmente com o mistério sobre o fim da série

Criador de Sopranos acaba acidentalmente com o mistério sobre o fim da série

Culto

Criador de Sopranos acaba acidentalmente com o mistério sobre o fim da série

David Chase, criador da série Sopranos, revelou acidentalmente aquilo que muitos fãs de Tony Soprano há muito esperavam. Afinal, o que aconteceu com o protagonista?

Artigo de Hugo Mesquita

18-06-2020

Era um mistério com mais de 10 anos, que foi alvo de inúmeras teorias e discussões, e que chega agora ao fim. E de uma forma, no mínimo surpreendente. Falamos do final da temporada de Sopranos e do fim do protagonista Tony Soprano. Afinal, morreu ou não? O criador da série, David Chase, colocou finalmente um ponto final no mistério – ainda que acidentalmente.

Leia ainda: Apresentador do Top Gear despista-se com Lamborghini Diablo durante filmagens

Tony Soprano, brilhantemente interpretado por James Gandolfini, vai encontrar a sua família para jantar no Holsten’s Diner. Pelo meio, há uma guerra entre a máfia de Nova York e de Nova Jersey e um personagem que pode ou não ser um assassino entra no restaurante. Enquanto Don’t Stop Believin dos Journey toca, o ecrã fica negro. Esse é o momento final da série e ficou por responder se Tony tinha ou não sido morto por um assassino profissional.

Uma gravação com uma conversa entre Chase e o co-autor Alan Sepinwall, feita para o livro The Sopranos Sessions, revelou o segredo. Questionado por Sepinwall sobre a cena final implicava que Os Sopranos poderia ter tido mais duas temporadas além das seis originais, Chase respondeu que pensou naquela “cena de morte” dois anos antes do fim da série, antes de perceber o seu descuido.

Veja o vídeo:

David Chase revela o verdadeiro final de Sopranos

“Sim, acho que tive a cena da morte cerca de dois anos antes do fim… Tony seria chamado para uma reunião com Johnny Sack em Manhattan, e voltaria, através do túnel Lincoln, para esta reunião. Chegava e o ecrã ficaria negro, não se vendo se ele voltaria. O público ficaria com a ideia de que algo de mau aconteceu com ele na reunião. Mas não fizemos isso, nós não fizemos isso”, explica, numa citação publicada pelo jornal The Independent.

Veja também: 10 séries cujos finais não agradaram os fãs

O que salta à vista? “A cena da morte”. David Chase confirma assim que Tony morreu mesmo. E foi precisamente isso que Matt Zoller Seitz deu conta: “Percebes, claro, que acabaste de te referir a isso como uma cena de morte?”. Ao que Chase respondeu, como que apanhado de surpresa, “vão se lixar”. Mistério resolvido. Recorde-se que a série vai ter um filme que decorre alguns anos antes da narrativa de Sopranos, com um Tony Soprano mais jovem, interpretado pelo filho de James Gandolfini, Michael Gandolfini. O filme, Newark, teve a estreia adiada para março de 2021.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Hugo Mesquita

18-06-2020



RELACIONADOS