15 anos depois, Jet Li revela o verdadeiro motivo para não aceitar entrar nas sequelas de “Matrix”

15 anos depois, Jet Li revela o verdadeiro motivo para não aceitar entrar nas sequelas de “Matrix”

Culto

15 anos depois, Jet Li revela o verdadeiro motivo para não aceitar entrar nas sequelas de “Matrix”

Foi criado um papel específico para o ator em “The Matrix Reloaded” e “Matrix Revolutions”, mas Jet Li optou por recusar a proposta.

Artigo de Bruno Seruca

05-11-2018

Em 1999, chegava às salas de cinema “Matrix”, um dos filmes que ajudou a elevar Keanu Reeves ao patamar de estrela mundial. O filme teve tanto sucesso que teve direito a mais dois. E é aqui que entra o nome de Jet Li, a grande estrela chinesa dos filmes de ação feitos ao longo das últimas décadas. O ator ia ter direito a um papel especificamente criado para si, algo que acabou por recusar e que deu origem a um dos grandes mitos de Hollywood.

Estava tudo certo para que Jet Li desse vida a Seraph, personagem que tinha como missão proteger o Oráculo em “The Matrix Reloaded” (2003) e “Matrix Revolutions” (2003). Li era já uma grande estrela e cada detalhe tinha sido pensado em si. O ator acabou por não aceitar participar no projeto e durante muitos anos circulou o rumor de que a recusa estava associada ao facto de ter pedido o mesmo ordenado de Keanu Reeves, a grande estrela da saga.

“Foi um dilema comercial para mim”, diz Jet Li

15 anos depois da data de estreia dos últimos dois filmes da saga, é o próprio Jet Li quem coloca um ponto final nos rumores, revelando a verdadeira razão da recusa. “Foi um dilema comercial para mim. Percebi que os americanos queriam que filmasse durante três meses, mas estivesse com a equipa durante nove. E nesses seis meses queriam filmar e copiar todos os meus movimentos para uma biblioteca digital. No fim da gravação, os direitos desses movimentos ficariam para eles”, começa por explicar durante uma entrevista dada na China.

Fiquei a pensar: tenho treinado a vida inteira. E nós, artistas de artes marciais, só ficamos mais velhos. E, no entanto, eles podiam ser os donos dos meus movimentos como propriedade intelectual para sempre. Portanto disse que não podia fazer isso”, conclui, colocando assim um ponto final na história relacionada com o dinheiro que teria pedido.

 

Junte-se a nós no Instagram

 

E o que é certo é que a confusão em torno do personagem não acabou em Jet Li. Seraph foi transformado em mulher, de modo a seduzir a atriz Michelle Yeoh, que também acabou por não aceitar fazer parte do projeto, devido à falta de espaço na sua agenda. O personagem voltou a ser homem e acabou por ser interpretado pelo ator Collin Chou.

Fotos: IMDB

Artigo de
Bruno Seruca

05-11-2018



RELACIONADOS