Lexus CT 200h – o princípio do luxo

Lexus CT 200h – o princípio do luxo

Consumo

Lexus CT 200h – o princípio do luxo

A renovação da viatura de acesso à gama Lexus recebeu alguns retoques cirúrgicos no exterior e no habitáculo. Conheça o renovado CT 200h da Lexus, o princípio do orgulho japonês.

Artigo de Luís Martins

02-04-2018

O CT 200h da Lexus, modelo de entrada na gama, foi alvo de alguns liftings. Não estamos na presença de um novo CT, mas, antes, de um CT renovado. A grelha frontal é agora tridimensional, sugerindo a quem olha para ele pelo retrovisor irreverência e elegância. Sobriedade, numa palavra.

O propósito dos designers nos retoques no CT entende-se igualmente à traseira. À semelhança do que está implementado na frente, os farolins traseiros LED em forma de L – de Lexus – enriquecem visualmente o compacto familiar mais acessível da marca.

Os acabamentos prata e negros no pára-choques resolvem o que resta para a renovação visual na traseira da versão  híbrida do CT.

No interior do casulo

Lexus CT 200h – o princípio do luxo
A insonorização no CT é tão acentuada que chega a ser, mais do que relaxante, dormente

A habitabilidade do modelo é a soma do conforto e da suavidade, inequívocas para quem pela primeira vez esteja a bordo de qualquer modelo Lexus. Mesmo do do CT 200h, o mais modesto da marca luxuosa japonesa.

A qualidade dos materiais sugerida visualmente corresponde ao toque. Não há praticamente pormenores plásticos, que existem, e essa sensação de superioridade corresponde de facto à realidade.

Praticamente não há ruído interior, mesmo quando o motor de combustão é solicitado e, mesmo este, é tão silencioso que as mudanças de velocidade são impercetíveis. Quando circula no modo elétrico, a insonorização é ainda mais acentuada e chega a ser, mais do que relaxante, dormente. Um casulo.

Veja também: LC 500h, o coupé híbrido de luxo que é o novo orgulho da Lexus

O único senão é o espaço, insuficiente para condutores de estatura acima da média. Mesmo puxando o assento atrás ao máximo, é ainda necessário levantar o assento para que as pernas (re)pousem durante a condução.

Problemas: com o banco subido na totalidade, sobra pouco em altura e é exigido ao condutor um ligeiro arqueamento do tronco para visualizar convenientemente o painel de instrumentos atrás do volante. Mas mesmo assim, a posição a bordo mantém níveis de conforto assinaláveis, apesar dos pesares…

Equipamento e segurança sem falhas

Lexus CT 200h – o princípio do luxo
O Lexus CT 200h oferece regulação elétrica dos bancos da frente e climatização distinta para cada ocupante

Poucas marcas vão tão longe para tornar o habitat de uma viatura tão confortável. O Lexus CT 200h oferece regulação elétrica dos bancos da frente e climatização distinta para cada ocupante.

A segurança – ativa e passiva – é elevada, com cuidados como retrovisores com indicação de mudança de direção e assistência nos arranques em subidas – ponto de embraiagem.

Habituais apenas em modelos de gama superior noutras marcas, a introdução de elementos de assistência e segurança na Lexus inicia-se logo no CT.

Espreite o crossover topo de gama da Lexus

O 200h testado, o Executive +, possui regeneração da força de travagem controlada de forma eletrónica, sistema de alerta da pressão dos pneus e airbags de cortina  laterais e joelho para condutor e passageiro.

O ecrã multifunções no painel de instrumentos, manuseado por cursor na consola central, as entradas AUX, USB (duas) e o ecrã de assistência ao estacionamento são outros apoios à condução segura. O sistema áudio e telefone não podia deixar de ter ligação bluetooth, para uma condução mais segura.

Muito carro, mas pouco motor

A média combinada do CT testado foi de 5,1 l/100 km, ao longo dos 500 km percorridos em meio urbano e em estrada

O chassis contribui muito para o dinamismo e a eficácia em viagem. A suspensão de suavidade extrema torna a viatura muitíssimo confortável – e estável. Não é de admirar, portanto, que esta qualidade contribua ainda mais para a suavidade no desempenho Executive +.

O desempenho do Lexus CT 200h poderia ser mais positivo. Com tanto carro, o motor 1.8 cc a gasolina de 4 cilindros debita 98 cavalos é insuficiente. E nem a combinação com o elétrico de 60 kw é satisfatório.

Por isso, a insuficiência na resposta motriz prejudica a aceleração e aumenta os consumos – que, ainda assim, e não obstante os 1.845 kg, são razoavelmente baixos – para a média combinada de 5,1 l/100 km registada neste nosso teste, ao longo dos 500 km percorridos em meio urbano e em estrada durante quatro dias.

Lexus CT 200h em números

Motor: Gasolina, 4 cilindros em linha

Cilindrada (cc): 1,798

Potência (cv/rpm): 98/5200

Motor elétrico: AC síncrono, íman permanente

Potência (kW): 60

Binário (Nm): 207

Potência combinada (kW): 136

Suspensão (fr/tr): McPherson/Duplo braço triangular

Bagageira (lt): 275

Depósito (lt): 45

Peso (kg): 1.845

Preço (desde): 31.420.00 euros

Também pode interessar-lhe saber que a Lexus vai produzir um iate desportivo de luxo

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Luís Martins

02-04-2018



RELACIONADOS