E você, quanto tempo perde no estacionamento?

E você, quanto tempo perde no estacionamento?

Consumo

E você, quanto tempo perde no estacionamento?

Estudo conclui que os condutores gastam muito em tarifas de estacionamento. Os valores ultrapassam a casa dos milhões pois os automobilistas acumulam horas à procura de um sítio para guardar o seu veículo e pagam demasiado pelo lugar.

Artigo de Francisco Correia

18-07-2017

Cidades congestionadas, trânsito, carros estacionados em todo o lado. É sinal dos tempos no meio urbano e isso tem custos elevados para quem não optar por usar transportes públicos.

Segundo um estudo elaborado por uma entidade norte-americana, os condutores de 30 cidades dos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha gastam muitas horas e dinheiro em lugares de estacionamento.

No caso da ‘cidade que nunca dorme’, Nova Iorque, os automobilistas perdem mais de 100 horas por ano à procura de lugar para estacionar. A isso acresce também, claro, o facto de um condutor pagar mais 90 euros do que devia por ano em parquímetro e 300 euros em combustível desperdiçado.

No ‘velho continente’, mais concretamente no Reino Unido, os motoristas gastam cerca de 240 euros a mais por ano em estacionamento e desperdiçam mais de 800 euros em combustível utilizado para procurar lugares. Já na Alemanha, são 98 euros a mais em estacionamento por ano e 896€ em combustível.

Dados como estes revelam prejuízos e encargos estratosféricos nestas que são algumas das maiores potências económicas do planeta.

Tudo somado, são cerca de 70 mil milhões de euros em prejuízos relacionados com o estacionamento. Os casos mais preocupantes residem na Alemanha (40 mil milhões de euros) e Reino Unido (26 mil milhões de euros).

Onde estará a solução para este problema? Aplicações para telemóveis? Uma redefinição nos preços dos parquímetros? O fim dos automóveis nos grandes centros?

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Francisco Correia

18-07-2017



RELACIONADOS