9 coisas que nunca deve deixar no carro

9 coisas que nunca deve deixar no carro

Consumo

9 coisas que nunca deve deixar no carro

Há quem faça da viatura um pequeno armazém. Mas talvez esteja na hora de arrumar o carro. Até porque existem coisas que nunca deverão ser deixadas num carro.

Artigo de Bruno Seruca

08-03-2018

Nos dias que correm as pessoas passam cada vez mais tempo dentro dos carros. Especialmente no trânsito matinal para o trabalho. E ao final do dia, no regresso a casa. E existem pessoas que fazem dos carros uma segunda casa. Ou um pequeno armazém. Tudo fica guardado no carro. O que faz com que algumas viaturas pareçam uma daquelas lojas de conveniência onde se encontra tudo. Se és daquelas pessoas que guarda tudo no carro, fica a conhecer as nove coisas que nunca deverás deixar no carro.

Medicamentos
Muitas pessoas tomam um comprimido e guardam a lamela no carro. Até ao momento em que necessitem novamente do medicamento. Isto é um erro. A maioria dos medicamentos podem ser guardados à temperatura ambiente. Mas os carros raramente atingem essa temperatura. O calor poderá não estragar os medicamentos mas poderá fazer com que sejam menos eficazes.

Gadgets
Ignorando o preço da maioria dos gadgets, como é o caso de computadores portáteis e smartphones, existe uma relativa facilidade em roubar as informações que constam nos mesmos. Se és daquelas pessoas que deixa os gadgets no carro, o melhor é que os dados estejam encriptados. De modo a que os amigos do alheio não consigam aceder a informações pessoais. Algo que é muito mais eficaz do que a tradicional password que dá acesso ao aparelho.

 

Cuidado com os smartphones deixados no carro.

 

Protetor solar
Tem o seu lado curioso mas os ingredientes dos protetores solares não lidam muito bem com as altas temperaturas. Deixar o protetor solar no carro reduz a eficiência do mesmo e, em alguns casos, poderá fazer com que a embalagem rebente. Neste caso, a sujidade não irá agradar a ninguém.

Garrafas de água
Alguns estudos associam químicos detetados no plástico das garrafas de água a doenças cardiovasculares e ao cancro. Quando as garrafas ficam expostas ao calor esses químicos podem passar para a água. A isto juntam-se os micro-organismos que começam a surgir quando as garrafas ficam muito tempo no carro.

Carteiras e malas
Alguns homens e mulheres têm o mau hábito de deixar a carteira ou a mala no carro. O que faz com que seja um íman para os ladrões. Mesmo que o carro esteja trancado ou que tenham sido retirados os objetos de valor do interior das carteiras e malas.

Óculos de sol
Os carros modernos já têm compartimentos destinados para os óculos escuros. Os mais antigos têm o porta-luvas. É melhor que os óculos de sol sejam guardados num destes locais e antes de chegares ao destino. O calor pode derreter as armações e poderá aquecer o metal. Deixar os óculos no tablier é ainda pior. Pois o vidro poderá funcionar como uma lupa.

 

Nunca deixes uma garrafa de vinho no carro.

 

Documentos importantes
Documentos que vão ser enviados ou destruídos, e que contêm informação importante, nunca devem ser deixados nos carros. Por mais inocente que pareça, acaba por ser informação importante que fica vulnerável.

Passaporte
Nunca deixes o passaporte no carro. Por mais que seja aborrecido transportá-lo de um lado para o outro. Ladrões de identidade estão sempre atentos a estes documentos, um dos que mais valorizam na sua arte. A ideia é pensar no passaporte como um bem extremamente valioso que nunca ficaria no carro.

Garrafas de vinho
Não é boa ideia comprar vinho e andar a passear com ele no carro. O melhor é esperar pela hora do regresso a casa. Se a garrafa ficar muito quente poderá alterar o sabor do vinho. O vinho poderá conseguir passar pela rolha ou fazer com que a rolha contamine o vinho.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Bruno Seruca

08-03-2018



RELACIONADOS