Mercedes pode recolher veículos com motor Diesel da Renault

Mercedes pode recolher veículos com motor Diesel da Renault

Automundo.pt

Mercedes pode recolher veículos com motor Diesel da Renault

Mercedes está a ser investigada pela KBA, entidade reguladora da Alemanha, sobre uma possível manipulação de software nos motores Diesel de origem Renault.

Artigo de Guilherme André

05-12-2019

De acordo com a imprensa alemã, a KBA, entidade que regula o setor dos transportes na Alemanha, encontra-se a investigar a Mercedes por uma possível manipulação de emissões. A causa pode estar na instalação de um “software suspeito” em motores 1.5 Diesel. Estes são de origem Renault e usados nos modelos compactos Mercedes-Benz Classe A e Classe B da geração anterior.

Renault afirma que a programação de software foi feita pelos engenheiros da Mercedes

A Renault já se expressou e nega que tenham realizado qualquer tipo de manipulação nos motores mencionados. Para além disso, destaca que as programações de software de gestão mecânica não foram realizadas pelos engenheiros da casa francesa, mas sim pela Mercedes-Benz. Por enquanto a Daimler, casa-mãe da Mercedes, não se pronunciou sobre o caso.

Leia ainda: Bugatti Chiron torna-se ainda mais exclusivo com duas edições especiais

Contudo, fez questão de salientar que, devido ao recente escândalo de emissões manipuladas, não descarta a possibilidade de mais recalls ordenados pela KBA. Por fim, de relembrar que a Daimler já foi multada em quase mil milhões de euros. Isto devido a um caso idêntico em setembro de 2019. Mais precisamente por recorrer a software ilegal nos motores Diesel.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Guilherme André

05-12-2019



RELACIONADOS