Vida em casal: os 4 erros que quase todos cometem

Vida em casal: os 4 erros que quase todos cometem

Amor e Sexo

Vida em casal: os 4 erros que quase todos cometem

A vida em casal apresenta vários problemas que devem, primeiramente, ser identificados e depois enfrentados pelas duas partes, em conjunto. Estes são os erros mais comuns.

Artigo de Equipa Paraeles

05-11-2019

Casal perfeito é uma ideia vendida por Hollywood que não corresponde de todo à verdade. Por mais ou menos feliz que um casal possa parecer, todos, em algum momento, passaram por uma maior ou menor dificuldade. É algo natural no ser-humano e o importante mesmo é saber como lidar, em casal, com os problemas que vão surgindo. A vida em casal deve ser isso mesmo.

Estas próprias dificuldades são importante para o casal como forma de crescimento. Passar por estes problemas em conjunto tornará a relação, naturalmente, mais forte. Quase tão importante como saber a melhor forma de enfrentar os problemas, é identificá-los. Foi isso que a revista Cosmopolitan procurou fazer.

Leia ainda: 7 dicas para melhorar o desempenho sexual

A revista elaborou um artigo em que identifica aqueles que são os quatro erros mais comuns numa relação amorosa. São problemas que vão desde a monotonia ao desejo controlador de uma das partes.

Veja o vídeo:

A vida em casal nem sempre é fácil. Estes são alguns dos principais problemas:

Perder a individualidade. É perfeitamente natural que o casal forme uma identidade partilhada como forma de fortalecer o vínculo que os une. Isso é positivo, no entanto é importante que nenhuma das partes sacrifique a sua própria identidade individual para agradar o outro.

A monotonia da rotina. Provavelmente, o maior erro no seio dos casais. A rotina pode ser altamente prejudicial para a saúde do casal. Importa procurar formas de introduzir novidades na relação, e deixar a zona de conforto sempre que possível. Isto aplica-se em tudo, nomeadamente no ato sexual.

Veja também: As 4 posições em que os homens sentem mais prazer

Tentar mudar o outro. Outro erro comum entre os casais. É uma atitude que normalmente surge numa fase mais adiantada do relacionamento. Basicamente, consiste em uma das partes tentar mudar o comportamento ou maneira de ser do outro, tornando-lo quase num bode expiatório. “Quem está satisfeito com a sua vida e é emocionalmente responsável pelo que acontece consigo não tenta mudar a vida dos outros. Na verdade, não depende de ninguém para ser feliz”, afirma o psicólogo Andrew Crawford, docente na Universidade da California (UCLA), nos Estados Unidos, à revista Cosmopolitan.

Comportamento controlador. Com o casamento é praticamente assinado um contrato de exclusividade entre as duas partes. Essa é, pelo menos, a realidade na maioria dos casais. No entanto, isso não implica que um dos dois tenha o direito de controlar o outro. “Um quer que o outro aja como ele deseja. Caso contrário, se sente ameaçado ou inicia um conflito. Neste caso, a falha é do indivíduo e não do casal. Cada um tem imperativamente de aprender a lidar com as suas inseguranças e não projetálas no outro”, conclui Andrew Crawford.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

05-11-2019



RELACIONADOS