O verão é cientificamente a época do sexo

O verão é cientificamente a época do sexo

Amor e Sexo

O verão é cientificamente a época do sexo

Estudos comprovam que nos meses de maior calor aumenta o interesse e o desejo sexual.

Artigo de Equipa Paraeles

17-07-2018

O interesse por sexo aumenta no verão. Facto confirmado por vários estudos científicos. Durante os meses mais quentes do ano, por exemplo, as pesquisas no motor de busca Google por sites pornográficos ou serviços de acompanhantes aumentam consideravelmente.

Os especialistas apontam vários fatores para justificar este súbito interesse por sexo. Desde logo, o verão é uma altura do ano ligada ao descanso e ao período de férias, logo, uma altura para relaxar e para colocar de lado as responsabilidades. Isto dará, naturalmente, azo a um maior desejo sexual.

Também a estimulação sexual visual é maior, uma vez que com o calor veste-se menos roupa, há mais pele à mostra, e isso aumenta o desejo.

O sol forte do verão promove uma libertação extra de serotonina e de dopamina”

Existem porém motivos mais “científicos” que comprovam esta tese. “O sol forte do verão promove uma libertação extra de serotonina e de dopamina”, explica o psicólogo Cliff Arnall à Metro UK. “Os dois neuroquímicos mais enérgicos presentes no cérebro humano e que promovem as sensações de prazer e de bem estar. Ora, um apetite sexual saudável depende da presença de níveis ótimos destes químicos no organismo”, acrescenta Arnall.

A maior produção de vitamina D, fruto de uma maior e mais frequente exposição ao sol, explica o especialista, propicia ainda a produção de estrogénio e de testosterona, aumentando assim a libido.

Apesar disso, os perigos do calor e do sol continuam presentes e, por isso, o especialista aconselha a que se vivam estes momentos de maior intimidade em espaços frescos e sempre hidratados.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

17-07-2018



RELACIONADOS