O mito sexual que dá dores de cabeça aos homens

O mito sexual que dá dores de cabeça aos homens

Amor e Sexo

O mito sexual que dá dores de cabeça aos homens

O ponto G é muitas vezes apontado como o segredo infalível para a mulher atingir o orgasmo. No entanto, alguns estudos indicam que não passa de um mito.

Artigo de Equipa Paraeles

04-11-2021

E se o ponto G não passasse de um mito? Muito se escreve sobre este “botão mágico” do corpo da mulher que lhe permite chegar quase de forma automática ao orgasmo, mas a sensação que fica muitas vezes é que, na verdade, pouco se sabe sobre ele. Um estudo recente vai mais longe e diz mesmo que o ponto G não existe. Um estudo da Universidade de Rutgers, em Nova Jersey,  nos Estados Unidos da América, concluiu que o ponto G feminino “não passa de um mito”. Diz que não se trata de um ponto, mas sim numa “distribuição de nervos”. Para chegar a esta conclusão foram acompanhados os orgasmos de 17 mulheres de meia idade.

Leia ainda: Amizade e sexo combinam? Saiba o que a ciência diz sobre as amizades coloridas

O mito sexual que dá dores de cabeça aos homens

“Não existe. Nunca se pode pensar na sexualidade como sendo um botão de elevador ou o interruptor de electricidade. Não é um aspeto único, mas sim uma conjugação, de todas as terminações nervosas”, explica Barry Komisaruk, responsável pelo estudo, em declarações ao The Sun. Esta não é uma opinião isolada. Recentemente, um outro estudo, este feito na Turquia, teve uma conclusão semelhante. Segundo os responsáveis por esta investigação, as provas da existência do ponto G feminino são “fracas e insuficientes”.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

04-11-2021



RELACIONADOS