Descubra se deve usar preservativo no sexo oral

Descubra se deve usar preservativo no sexo oral

Amor e Sexo

Descubra se deve usar preservativo no sexo oral

Existe o mito de que o sexo oral não necessita do uso do preservativo, mas essa informação não podia estar mais errada e pode colocar em sério risco a saúde de quem o pratica.

Artigo de Equipa Paraeles

19-02-2021

Falar de sexo é cada vez menos um tabu. O tema é cada vez mais frequente e as pessoas vão conseguindo estar cada vez mais bem informadas. Ainda assim, não deixam de existir certos mitos que vão se proliferando como falsas verdades. Muitas vezes ajudadas pela indústria da pornografia. O sexo oral é talvez a maior vítima. Um desses mitos é de que não é necessário o uso de preservativo durante o sexo oral. Isto porque não existe o risco de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis. Essa informação não podia estar mais errada e pode comprometer seriamente a saúde de quem o pratica.

Leia ainda: Núbia Óliiver, do sexo com 400 homens à lição sobre prazer anal

Nomes “pesados” como a gonorreia, clamídia, herpes genital, verrugas genitais e a sífilis estão entre as doenças sexualmente transmissíveis que podem ser contraídas desta forma. Se tivermos em conta alguns estudos, que aferem que poucas pessoas usam preservativo no sexo oral, é caso para gerar uma grande preocupação.

Descubra se deve usar preservativo no sexo oral

Sexo oral é a principal forma de propagação de gonorreia resistente a drogas

Esta preocupação aumenta se tivermos em conta que o sexo oral é hoje em dia a principal forma de propagação de gonorreia resistente a drogas. Este alerta foi dado por um médico, Peter Greenhouse, ao jornal Independent. Que acrescentou ainda que os medicamentos usados para combater esta infeção não afetam a garganta e outras partes do corpo e que, por isso, a doença permanece na boca.

Veja também: Estas são as 10 coisas que levam mulheres e homens a desistir de ter sexo

As doenças que são mais frequentemente transmissíveis através do sexo oral são herpes genital, gonorreia e sífilis. Mas infeções como a clamídia, VIH, hepatites A, B e C, verrugas e parasitas genitais também pode ser transmitidos durante o sexo oral não protegido.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

19-02-2021



RELACIONADOS