8 comportamentos inocentes que podem acabar com o desejo sexual

8 comportamentos inocentes que podem acabar com o desejo sexual

Amor e Sexo

8 comportamentos inocentes que podem acabar com o desejo sexual

Alguns comportamentos inocentes que temos no quarto podem ser o motivo para que o desejo já não seja o que era e com isso arruinar a vida sexual.

Artigo de Hugo Mesquita

31-07-2020

A chama na cama já não é o que era? Este é um pensamento comum, que certamente já passou pela cabeça da maioria de nós. E não tem que ser necessariamente mau. Ao contrário do que se possa pensar, não significa necessariamente que já não estamos apaixonados pela outra pessoa. O desejo sexual é que pode não ser o mesmo.

Leia ainda: Descubra como a pornografia prejudica o sexo entre o casal

A culpa muitas vezes pode ser de determinado tipo de comportamentos, de certa forma inocentes, que, sem calcularmos, conseguem fazer com que o desejo sexual não seja o mesmo de antes. A maioria deles tem a ver com certos hábitos que temos no quarto que, regra geral, é o local escolhido pelo casais para o ato. A Men’s Health publicou um artigo sobre o tema e apontou 12 desses hábitos. Nós seleccionamos alguns deles.

Veja o vídeo:

8 comportamentos que podem acabar com o desejo sexual

Smartphone na cama. Ao estar “agarrado” ao telemóvel, atento às redes sociais e afins, acabamos muitas vezes por nos esquecermos que não estamos sozinhos na cama. A libido é afetada.

Cama desconfortável. O local que escolhemos para o ato deve ser o mais confortável possível. Uma cama a ranger, ou frágil, é meio caminho andado para que o sexo não corra bem e, no futuro, para que a vontade não chegue.

Abordar problemas do casal na cama. Não podemos associar a cama e o quarto a coisas negativas. Não traga problemas e discussões do casal para a cama. O local vai ficar com uma carga negativa que irá matar o desejo.

Partir logo para a ação. Negligenciar os preliminares é um erro comum e que pode ser fatal. Uma outra vez até se pode justificar, mas tornar isso num hábito irá ter consequência no futuro.

Veja também: Noites mal dormidas? Sexo é a solução

Demasiada pornografia. A pornografia pode ajudar a “apimentar” a relação, mas em exagero fará com que perca desejo no ato e, muitas vezes, com que fique desiludido que o seu ato não seja exatamente igual ao que vê na pornografia. Importa saber separar a ficção da realidade.

Má higiene. As mulheres são mais sensíveis a odores do que os homens. Dito isto, um hálito desagradável pode ser motivo suficiente para arruinar uma noite de sexo. O cheiro a suor, por exemplo, também é algo a que deve ter alguma atenção.

Televisão no quarto. Este tópico é semelhante ao do smartphone. Ao ficar demasiado interessado na televisão acaba por se esquecer que não está sozinho na cama.

Escritório no quarto. Esta dica ganha especial importância neste momento, em que muitas pessoas estão em regime de teletrabalho. Ao trabalhar no quarto, irá sentir mais stress nessa divisão da casa e isso pode afetar o seu desejo sexual.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Artigo de
Hugo Mesquita

31-07-2020



RELACIONADOS