Casais preferem ver filmes e séries do que fazer sexo

Casais preferem ver filmes e séries do que fazer sexo

Amor e Sexo

Casais preferem ver filmes e séries do que fazer sexo

Um estudo recente revela ainda que os smartphones e tablets também prejudicam a vida sexual dos casais.

Artigo de Bruno Seruca

09-08-2018

Um estudo recente já tinha deixado o alerta ao defender que os casais estão a fazer nove vezes menos sexo do que acontecia há nova anos. Desta vez é um trabalho conjunto desenvolvido pela University of Delware e pelo Reed College que reforça a ideia de que esta situação é muito preocupante. A equipa de investigadores concluiu que muitos casais preferem ver filmes e séries do que fazer sexo.

Há nove anos os casais tinham nove vezes mais relações sexuais

Os cientistas analisaram dados referentes a casais de 80 países [Portugal não faz parte da lista] e a conclusão é a de que o número daqueles que preferem ver filmes e séries está a aumentar cada vez mais. Muitos dos casais que são clientes dos diferentes serviços de streaming já só têm relações sexuais uma vez por semana. “Passamos menos de metade de 1% das nossas vidas a fazer sexo”, refere o estudo. Algo que está a provocar diversos problemas.

 

Veja, em paraeles.pt, as melhores fotos de Catarina Camacho, a apresentadora da RTP que faz serviço público no Instagram #paraeles #fama #rtp #catarinacamacho #apresentadora #follow #picoftheday #photooftheday

Uma publicação partilhada por ParaEles (@paraelesofficial) a

 

Como é o caso da descida acentuada das taxas de fertilidade, que muitos especialistas associam ao excesso de tempo passado a ver televisão. “Em países, onde o uso desses equipamentos eletrónicos [smartphones e tablets] é muito generalizado, é provável que venham a ser a próxima ameaça à vida sexual [dos casais]”, alertam os investigadores.

Artigo de
Bruno Seruca

09-08-2018



RELACIONADOS