Carros autónomos vão dar origem a mais sexo

Carros autónomos vão dar origem a mais sexo

Amor e Sexo

Carros autónomos vão dar origem a mais sexo

Estudo revela que a chegada dos carros que andam sozinhos vão levar os condutores a ter mais relações sexuais dentro das viaturas.

Artigo de Bruno Seruca

26-11-2018

Longe vão os tempos em que os carros autónomos eram algo que se via apenas nos filmes que retratavam um futuro muito distante. As viaturas que andam sozinhas são uma realidade cada vez mais próxima e prometem revolucionar por completo a experiência da condução. E de acordo com um estudo recente, os passageiros vão deixar de estar preocupados com a estrada, aproveitando para ter mais relações sexuais dentro dos carros.

Ninguém resiste à “La Chical del Clima” argentina

 

Esta é a conclusão do trabalho desenvolvido pela revista científica Annals of Tourism Research. Segundo dados avançados pelo investigador, 60% dos condutores americanos têm relações sexuais nos seus carros. A chegada dos carros autónomos irá alterar esta realidade e estima-se que o sexo nas viaturas deixe de ser algo procurado por casais mais aventureiros.

60% dos condutores americanos têm relações sexuais nos seus carros

Scott Cohen, o mentor do estudo, acrescenta ainda que esta novidade poderá ter um grande impacto nos rendimentos do turismo sexual. “O sexo é uma importante lacuna do turismo urbano, bem como o sexo “comercializado”, por isso é provável que os veículos autónomos possam vir a ter uma função importante no negócio da prostituição [legal e ilegal] num futuro próximo”, explica, em declarações à NBC.

Junte-se a nós no Instagram

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Comparam Samantha Sepulveda com Angelina Jolie. Perceba melhor o motivo em ? www.paraeles.pt ? #paraeles #fama #sexy #sensualidade #beauty #picoftheday #gorgeous #hot #angie #jolie

Uma publicação partilhada por ParaEles (@paraelesofficial) a

 

Mas o sexo não será a única consequência da chegada dos carros autónomos. Estes veículos vão possibilitar que os passageiros aproveitem as viagens para dormir, comer e para muitas outras atividades, como reuniões.

Fotos: DR
Artigo de
Bruno Seruca

26-11-2018



RELACIONADOS