5 regras básicas para que a vida a dois corra sem problemas

5 regras básicas para que a vida a dois corra sem problemas

Amor e Sexo

5 regras básicas para que a vida a dois corra sem problemas

A rotina, as dificuldades, os desejos e os sonhos são parte indissociável do dia a dia de qualquer casal. Deixamos-lhe conselhos para construir uma convivência em que seja feliz e faça feliz quem ama.

Artigo de Equipa Paraeles

16-08-2022

Se nos primeiros tempos tudo são descobertas, enquanto se criam as bases para uma relação feliz e estável, vão começando a surgir as dificuldades com que é preciso lidar e ainda a temida rotina que vai criando espaço. Cabe aos dois seguirem algumas regras para que o casamento dê certo e dure. Acima de tudo, é importante que construam uma relação de cumplicidade e amizade, o resto deve ser resolvido no dia a dia.

Respeitar as diferenças

É a parte fundamental em qualquer relação de convívio. Por esta altura já devem conhecer bem o feitio, os gostos e as opiniões de cada um, que, com certeza, não vão mudar com a vida a dois. Respeite e exija respeito. Valorize mesmo as diferenças e não tente mudar o outro.

Lidar com a rotina

A não ser que os vossos empregos sejam de aventura ou passem o tempo a viajar, é quase impossível que a tão temida rotina não se instale, com «pezinhos de lã», no casamento. Eliminá-la é impossível, mas devem quebrá-la ou torná-la mais agradável. Podem, por exemplo, contar anedotas ou cantar enquanto fazem as tarefas, caminharem juntos ou irem juntos para a cama, para porem a conversa em dia.

5 regras básicas para que a vida a dois corra sem problemas

Leia ainda: Porta destrancada é o novo (e perigoso) fetiche que tem cada vez mais fãs

Preservar a individualidade

Fazer tudo a dois não é saudável. Mantenham os amigos e algumas rotinas de solteiros, como as idas ao ginásio ou os hobbies que praticavam. Podem também preservar o mistério, mantendo para si alguns desejos secretos, desde que não desrespeitem o companheiro ao fazê-lo.

Tarefas bem divididas

Se a divisão não for intuitiva, porque um cozinha melhor e o outro gosta mais de aspirar, por exemplo, podem sempre fazer um mapa da disponibilidade de cada um para cada tarefa. Com a chegada dos filhos, essa divisão torna-se ainda mais importante.

Controlo financeiro a dois

Está provado que muitos divórcios têm por detrás problemas financeiros, seja pela falta de dinheiro ou porque um ganha mais do que o outro. Para haver harmonia, é preferível que fique definido quem paga o quê e quais as despesas extras que podem fazer.

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

Siga o ParaEles no Instagram
Instagram @paraelesofficial

PÈ
Artigo de
Equipa Paraeles

16-08-2022



RELACIONADOS