Kate Upton celebra aniversário em topless para agradecer aos fãs

Kate Upton celebra aniversário em topless para agradecer aos fãs

Fama

Kate Upton celebra aniversário em topless para agradecer aos fãs

A modelo fez 26 anos no passado dia 10 de junho e decidiu marcar o dia com um vídeo em topless a celebrar.

Kate Upton tem motivos para sorrir e os seus milhões de seguidores também. A modelo norte-americana completou, no passado dia de 10 de junho, 26 anos, e decidiu celebrar a data de uma forma que deixou os fãs completamente em delírio.

A jovem decidiu partilhar um vídeo nas redes sociais em que surge em topless a celebrar o aniversário. Conhecidas que são as suas curvas, é fácil de chegar à conclusão que os elogios, acompanhados pelos desejos de feliz aniversário, somaram-se.

“Coloco o meu fato ofical para celebrar o aniversário e para agradecer as mensagens”, escreveu a modelo. Que melhor fato podia escolher do que aquele com que veio ao mundo?

Este “fato” de Kate valeu-lhe também, recentemente, um motivo muito forte para sorrir. A jovem foi eleita pela revista Maxim como a mulher mais sexy do mundo. Jessica Alba, Britney Spears, Christina Aguilera, Katy Perry, Kylie e Kendall Jenner são alguns dos nomes que já tinham tido o privilégio de receber este título por parte da publicação.

Kate Upton foi considerada a mulher mais sexy do mundo

Mas não se fica por aqui. Kate Upton vai ser a capa da próxima edição da revista e já abriu um pouco o livro sobre aquilo que os leitores poderão esperar na próxima edição. Para além da capa, a modelo partilhou duas fotos da produção que fez com a Maxim.

 


O nível, como se pode concluir por esta capa, é alto, mas nada que a também atriz já não nos tenha habituado. Kate já fez várias capas para a Sports Illustrated, uma das publicações do género mais respeitadas do mundo. Veja o mais recente trabalho que fez para a revista americana:

Se, tal como nós, ficou rendido a Kate, espere até ver a galeria que preparámos especialmente para si.

Fotos: Reprodução Instagram

 

Artigo de
Hugo Mesquita

RELACIONADOS