Desporto

Ricardinho é o melhor do mundo pela quinta vez

Desporto
Jogador português entra para a história do futsal. Ricardinho conseguiu aquilo que nenhum atleta tinha alcançado.
Artigo de Bruno Seruca
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2018

Jogador português é eleito o melhor do mundo pela quinta vez na carreira. E não, não estamos a falar de Cristiano Ronaldo. Ricardo Braga, conhecido no futsal como Ricardinho, foi eleito o melhor do mundo pela quinta vez, a quarta consecutiva. A distinção foi atribuída pelo site Futsal Planet, com a chancela da FIFA. Trata-se de um feito histórico pois nenhum jogador tinha sido eleito tantas vezes. Tal como Cristiano Ronaldo, também Ricardinho passa a ter cinco distinções como o melhor do mundo na sua modalidade.

 

 

«Meu Deus sem palavras. Obrigado. Hoje fiz história muito graças ao trabalho de todos os meus companheiros de equipa e seleção. Oficialmente 5 vezes o melhor do mundo, fizemos todos história. Muito feliz.. EU SOU PORTUGUÊS», partilhou nas redes sociais. Ricardinho é hoje o melhor atleta da modalidade, e muitos defendem que é o melhor da história, mas a vida nem sempre foi fácil. O jogador começou por tentar a sua sorte no futebol de onze, mas foi dispensado pelo Futebol Clube do Porto devido à baixa estatura. A tristeza abriu espaço a uma nova paixão. «O futsal surgiu como uma alternativa para continuar a jogar futebol. Jogava futebol de onze, e tive uma grande desilusão quando me dispensaram do Porto devido à minha altura. Estive algum tempo sem jogar até que um amigo me convidou para jogar futsal. Gostei e continuei a jogar até hoje», disse em entrevista.

 

O treino secreto no Benfica que nunca chegou a acontecer

 

Quando já era um jogador de renome, Ricardinho voltou a ser notícia pelo futebol de onze. Quando jogava no Benfica, o jogador tinha tudo preparado para treinar com a equipa principal dos «encarnados», na altura orientada por Fernando Santos. Aquilo que deveria ser um treino secreto acabou por ser notícia e o treino não chegou a acontecer. Foi ainda de águia ao peito que foi eleito o melhor jogador do mundo pela primeira vez (2010). Atualmente, a brilhar em Espanha, Ricardinho não esconde o desejo de voltar a representar o Benfica. E quando se fala de Benfica, existe outro desejo já partilhado numa entrevista: «Gostava de ser um símbolo do Benfica como é o Eusébio.»

Ricardinho confessou também que a paixão pelo Benfica, depois de ter sido adepto do Porto, levou a que perdesse amizades. «Isso foi muito difícil. Perdi amizades pois certas pessoas que não conseguiram encarar isso da melhor forma. Não estava à espera de me tornar num símbolo mas é algo que me deixa muito contente. O Benfica é o maior clube do Mundo, é uma família enorme onde sou acarinhado ao máximo, e já demonstrei dentro de campo que dou tudo por este clube. Eu e o Benfica somos como unha e carne», explicou na mesma entrevista.

 

 

A eleição de Ricardinho como o melhor jogador de futsal do mundo não é a única referência a Portugal. Na votação para melhor clube, levada a cabo pelo site Futsal Planet, o Sporting ficou em terceiro lugar. Por sua vez, Nuno Dias – treinador dos «leões» – ficou no sexto lugar do ranking dos melhores treinadores. Quanto às mulheres, Janice Silva foi sexta na votação para melhor jogadora do mundo. Já Ana Pereira e Natalina Silva ficaram na segunda e oitava posição, respetivamente, na eleição para a melhor guarda-redes.

Artigo de
Bruno Seruca
Quarta-feira
10 de Janeiro
2018

RELACIONADOS