James Bond. A arte da sedução tem os dias contados

James Bond. A arte da sedução tem os dias contados

Culto

James Bond. A arte da sedução tem os dias contados

O espião britânico, James Bond, tornou-se o protótipo do homem perfeito. Habituada a conquistar as mulheres, pode ter de mudar de comportamento devido aos recentes movimentos que nasceram em Hollywood em defesa das mulheres.

James Bond não é apenas missões secretas e ação. O agente secreto inglês 007, conhecido pelas missões quase impossíveis, ao mesmo tempo que coleciona casos amorosos, pode agora ter que se conter na sedução.

Após os movimentos em defesa das mulheres Metoo e Time’s Up, que surgiram nos últimos meses em Hollywood, o ator Daniel Craig, atual James Bond, foi questionado sobre a faceta de mulherengo da personagem e de que forma é que ele poderá mudar o seu comportamento.

O lado sedutor de James Bond tem os dias contados

Craig sugeriu que o próximo filme pode mostrar uma nova faceta do espião, indicando que se está a trabalhar na história: “Já tentei fazer isso gentilmente nos últimos 4 filmes e continuarei a fazer”, revelou o ator.

O próximo filme de James Bond tem estreia prevista para 2019. Daniel Craig confirmou que vai continuar no papel de James Bond, numa altura em que não se sabe quem será o realizador, mas tudo indica que o escolhido vai ser Danny Boyle, responsável pelos sucessos “Quem Quer Ser Bilionário” e “Trainspotting”.

Artigo de
Miquelino João

RELACIONADOS