Está quase a chegar o desejado smartphone retro

Está quase a chegar o desejado smartphone retro

Consumo

Está quase a chegar o desejado smartphone retro

O BlackBerry KEYone é visto como o modelo que trará novamente a marca canadiana para a ribalta dos smarthphones. O lançamento europeu foi adiado em diversas ocasiões mas o modelo está prestes a ser lançado em Portugal.

A espera está perto do fim. E a ansiedade começa a reduzir. O lançamento europeu da nova aposta da marca canadiana foi adiado em diversas ocasiões. Mas o BlackBerry KEYone está finalmente a chegar a Portugal. «Elegante, único, com bateria de longa duração e um toque deliciosamente retro» é o cartão de visita do novo modelo BlackBerry. Que tem vindo a conquistar fãs em todo o mundo. Tanto que é visto como a aposta que trará a marca para a ribalta do mercado dos smartphones.

Numa altura em que praticamente todos os modelos deixaram de ter um teclado físico, a BlackBerry mantém a sua imagem de marca: o referido teclado. Caraterística que está a agradar a quem já experimentou o BlackBerry KEYone. O teclado pode ser utilizado como trackpad e a tecla «espaço» como sensor biométrico.

 

«Elegante, único, com bateria de longa duração e um toque deliciosamente retro» é o cartão de visita do novo BlackBerry KEYone.

 

O novo modelo conta com um processador Qualcomm Snapdragon 625, 3GB de memória RAM, 32GB de memória interna e um ecrã de 4.5 polegadas com o teclado QWERTY. O BlackBerry KEYone pesa 180 gramas e tem as dimensões de 149.1 x 72.4 x 9.4 mm. A câmara principal é de 12 MP e a secundária de 8. A marca avança que a bateria é de longa duração.

Apesar de ainda não ter sido avançado um preço, estima-se que o valor do BlackBerry KEYone ronde os 630 euros. A data de lançamento também não foi revelada, mas a nova aposta da BlackBerry deverá chegar às lojas ainda antes do Natal. Na galeria podes ficar a conhecer melhor o novo smartphone da BlackBerry.

 

Lê mais artigos em destaque

A rede social amiga das pessoas
A rede social amiga das pessoas

 

Cedo para o «Ho! Ho! Ho»? Ela acha que não!
Cedo para o «Ho! Ho! Ho»? Ela acha que não!

 

E o grande vencedor da batalha musical é...
E o grande vencedor da batalha musical é…
Artigo de
Bruno Seruca

RELACIONADOS